Benjamin Tiller tem onze anos e foi condenado à prisão. O tribunal do Tennessee, nos Estados Unidos da América, considerou culpado por homicídio o menino que teria acertado um tiro no coração de MaKayla Dye, sua vizinha com apenas oito anos de idade. A família da menina duvida que tenha sido o garoto a matar a pequena, mas o tribunal considerou homicídio de primeiro grau e com intenção da parte da criança. Benjamin vai estar preso nos próximos oitos anos, até que complete 19 anos de idade. 

Tudo aconteceu quando as duas crianças estavam brincando no jardim da casa da menina, em outubro de 2015. Benjamin teria pedido para MaKayla mostrar seu cão para ele.

Publicidade
Publicidade

Como a menina se recusou a ir pegar o animal, ele foi pegar em uma arma (uma caçadeira) do pai, para ameaçá-la.  A menina ainda teria brincado, dizendo que a arma não seria de verdade e que ele estaria troçando dela. 

Benjamin destravou a arma e disparou um tiro acima de seu seu coração, com a menina vindo a ter morte imediata, de acordo com o que os policiais e o tribunal apuraram durante todo o inquérito. A imprensa teve acesso aos autos nesta semana e revelaram os pormenores do sucedido. 

A família da menina duvida que tenha sido o garoto a puxar o gatilho e acertar bem sobre o coração de MaKayla. Mas, o tribunal não teve dúvidas. A autópsia teria provado que a bala saiu daquela arma, que teria sido disparada por Benjamin, enquanto sua família se encontrava na sala, assistindo televisão. 

A comunidade teria ficado em choque com tudo o que aconteceu, mas a imputação da culpa em uma criança está gerando alguma controvérsia na #Justiça americana.

Publicidade

É que para o juiz, não só Benjamin foi culpado, como teria agido com intenção. Uma vez que a criança tinha treino com armas e até já teria saído várias vezes para caçar com seu pai, o tribunal considerou que a criança teria experiência mais do que suficiente para acertar onde quisesse e que saberia que ao puxar o gatilho e apontar para o coração da menina, seria para matar. 

E o leitor, que pensa disso? Será que uma criança de onze anos tem consciência de um #Crime desses? Será que ele puxou o gatilho para matar mesmo? Comente.  #Casos de polícia