Ídolo de um geração, morreu nesta segunda-feira, 15, o ator George Gaynes. No Brasil, ele ficou mais conhecido por conta da série 'Punky, a Levada da Breca', exibida pelo SBT, onde interpretou o personagem Arthur Bicudo. George também esteve em 'Loucademia de Polícia', filme de comédia que ganhou várias versões. Na película, ele deu vida ao comandante Eric Lassard. Em 1982, Gaynes também esteve em 'Tootsie', série em que tinha uma queda por um travesti. A informação da morte do profissional da dramaturgia foi confirmada pela revista americana revista Variety. O ator faleceu no bairro de North Bend, localizado na cidade de Washington, nos Estados Unidos.

Publicidade
Publicidade

Até o momento, a causa da morte ainda não foi revelada. 

Seu trabalho mais conhecido no Brasil, 'Punky, a Levada da Breca' teve 88 episódios, tendo quatro temporadas e 88 episódios. Exibida sem parar pelo SBT, a história virou uma verdadeira febre. Sua data original de exibição foi entre os anos de 1984 e 1988. Nos Estados Unidos, o programa de comédia também fez muito sucesso. 

Já os filmes da franquia Loucademia de Polícia' foram rodados entre 1984 e 1984. O ator faleceu aos 93 anos de idade. A última participação de Gaynes no cinema foi no ano de 2003, quando fez um padre no filme 'Recém-Casados', obra protagonizada por Brittany Murphy e Ashton Kutcher. 

Muita gente acreditava que o ator fosse americano, mas não, ele nasceu na Finlândia e começou sua carreira na França e na Itália, apresentando-se em palcos.

Publicidade

Só depois da segunda guerra mundial é que ele foi morar nos Estados Unidos. Para a sorte dos fãs, a carreira de George só cresceu. Em 'Punky', ele fazia o pai adotivo da menina levada que cativou uma geração. O ator ainda fez a dublagem do mesmo personagem do desenho animado baseado na série. 

O ator era casado há mais de 60 anos com Allyn Ann McLerie, atriz canadense de 89 anos. O casal tem uma filha, mais uma neta e outras duas bisnetas. Em 1989, outro filho de Gaynes, ainda adolescente, morreu em um acidente de carro. A atriz Soleil Moon, que interpretou Punky, lamentou a morte de seu "pai adotivo" na série através de uma rede social, dizendo que os momentos mais divertidos de sua vida foram vividos ao lado do ator.  #É Manchete!