No sábado(6) foi noticiado em todo o mundo que, supostamente, um meteorito havia matado um motorista na índia, seria o primeiro caso de morte por esse motivo em todo o planeta. Astrônomos indianos do Instituto Indiano de Astrofísica chegaram ao local para averiguar as crateras que surgiram no campus da faculdade de engenharia na aldeia de Vellore, Estado de Tamil Nadu. Os pesquisadores indianos tiraram fotos, examinaram o local mas não conseguiram chegar a conclusão definitiva se realmente havia caído o referido meteorito. 

Grande foi o susto e a comoção com o ocorrido que o ministro-chefe do Estado de Tamil Nadu, Jayalalithaa Jayaram, chegou a afirmar que se tratava, de fato, de um meteorito.O incidente atingiu um motorista que estava no local e deixou mais três pessoas feridas, mas aquele não resistiu e morreu devido os ferimentos.

Publicidade
Publicidade

O reitor da Universidade relata que ouviu um barulho muito estranho e correu com funcionários para verificar do que se tratava. Quando chegaram observaram muita fumaça no céu e que um dos motoristas estava gravemente ferido, quando chamou a emergência. 

Os médicos que atenderam o chamado afirmaram que existiam vários fragmentos de rocha no corpo do motorista. A polícia observou que os fragmentos de rocha, que seriam partes do meteorito tinham o poder de um imã, assim haveria ferro em sua composição. E iniciou-se uma exaustiva investigação sobre o acontecido. Testemunhas relataram que existiam rastros de uma fumaça branca no céu.

Cientistas da NASA receberam as fotos que foram feitas no local e ainda estudaram outras feitas por satélites do, hipotético, local da queda. E ao examinar as imagens concluíram que outras causas que não de um objeto espacial vitimaram fatalmente o motorista e feriram as outras três pessoas.

Publicidade

Disseram os cientistas que as crateras somente poderiam ser ocasionadas por explosões terrestres e as pedras azuis que foram encontradas no local e que se acreditava ser os restos do meteorito, na verdade eram restos de uma espécie de bomba caseira.   #Curiosidades #Casos de polícia #Incêndio