A Organização Mundial de Saúde (OMS) começou alertando todo o continente europeu para o possível ataque do vírus Zika em muitas pessoas deste continente. De acordo com a OMS, com a chegada da primavera, a maioria dos países do continente europeu podem vir sendo afetados pelo mosquito Aedes aegypti, que é o principal responsável pela transmissão deste vírus que tem afetado grande parte da população mundial.

Este vírus, que tem ultimamente sido muito falado pelo mundo, resulta de uma infecção que é causada na maioria das vezes pelo vírus ZIKV, sendo este transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. Este mosquito, bastante conhecido, também é responsável pela transmissão de muitas outras doenças, incluindo a dengue e também a febre chikungunya.

Publicidade
Publicidade

Convém acrescentar ainda os principais sintomas das pessoas que são afetadas por este vírus ZIKV, sendo que o principal sintoma é a febre relativamente alta a rondar os 37,8ºC e os 38,5ºC. Outro sintoma muito comum são as fortes dores nas articulações, mas principalmente nas mãos e nos pés da pessoa afetada. Por último, outro sintoma também muito comum são as famosas dores no corpo incluindo dores de cabeça e dores nos músculos. Estes sintomas, na maior parte dos casos são ligeiros, sendo que desaparecem ao fim de quatro a sete dias.

A directora para o continente europeu da Organização Mundial de Saúde, Zsuzsanna Jakab, anunciou que neste momento ainda não é conhecido qualquer caso de transmissão no continente europeu. No entanto, com a chegada da primavera, todas as pessoas devem estar preparadas para o ataque deste vírus.

Publicidade

Os serviços de saúde irlandeses divulgaram, que apesar de não existirem infeções que tenham sido contraídas na Europa, dois irlandeses foram afetados em várias viagens que fizeram a países que se encontravam afetados por este vírus. No entanto, ambos os irlandeses conseguiram recuperar e neste momento encontram-se bem.

O principal problema que tem levado ao alerta do continente europeu é a quantidade de viajantes que chegam ao continente europeu afetados com o vírus ZIKV, porque podem vir transmitindo. No entanto já foi divulgado que o mosquito ainda está inactivo, o que facilitou a não transmissão desta doença.   #Dicas #Europa #Zika Vírus