Após anos de campanha, pesquisadores e entusiastas do fenômeno OVNI britânicos podem estar perto de uma grande vitória, que seria a liberação de documentos secretos sobre avistamentos e relatos envolvendo Objetos Voadores Não Identificados.

Para que o processo de revelação pudesse acontecer, os ufólogos britânicos conseguiram apoio de integrantes da Câmara dos Lordes (House of Lords), que pertencem ao parlamento do Reino Unido e executam funções legislativas. Os pesquisadores do fenômeno solicitaram a divulgação para o público de 18 arquivos ultrassecretos do Ministério da Defesa (Ministry of Defence, ou MoD), sobre avistamentos ocorridos há mais de 30 anos.

Publicidade
Publicidade

A desclassificação dos documentos deveria ter ocorrido no final de 2013, mas o governo suspendeu o processo durante o ano de 2014, alegando "requisitos de processamento adicionais", e foi acusado pelos ufólogos de estar escondendo a verdade.

Posição oficial

Lord Black of Brentwood, um dos integrantes da Câmara dos Lordes, perguntou em 2015 ao parlamento sobre a revelação dos arquivos secretos. Earl Howe, atual Ministro da Defesa, deu a seguinte resposta: "a última estimativa de quando os 18 arquivos serão entregues aos Arquivos Nacionais é de antes de março de 2016. O Arquivo Nacional vai fazer o julgamento necessário sobre quando esses arquivos serão liberados para o público”.

Nick Pope, que trabalhou para o Ministério da Defesa britânico de 1985 a 2006, e que durante este período pesquisou OVNIs durante alguns anos, exclusivamente, acredita que os documentos que serão liberados podem conter informações fascinantes.

Publicidade

Pope declarou: “Tendo trabalhado no projeto OVNI do Ministério da Defesa, lamento dizer que não temos quaisquer naves espaciais acidentadas escondidas em algum hangar da Força Aérea Real, como alguns acreditam, mas temos alguns casos fascinantes e inexplicáveis ​​em nossos arquivos”.

Quando o atual processo de liberação dos documentos secretos foi interrompido, em 2014, Pope disse que entendia a frustração pela qual os ufólogos estariam passando, pois afirmou que a demora na liberação dava a entender que o Ministério provavelmente estaria com uma verdadeira “bomba nos arquivos”, e que devido a este caráter, não saberia lidar com as informações que seriam tornadas públicas. #Curiosidades #Europa