Mesmo com tentativas de um cessar fogo na Síria, Recep Tayyip Erdogan quer cumprir sua ‘missão islâmica’ nas terras de Bashar Assad. O presidente turco tem colocado a segurança mundial em risco ao ameaçar uma invasão terrestre na Síria com a desculpa de lutar contra o EI, quando na verdade quer derrubar o governo de Assad.

O embaixador da Síria na Rússia, Riad Haddad, afirmou que a Turquia quer invadir solo sírio para defender os jihadistas do Estado Islâmico, pois é aliado dos terroristas. Riad Haddad aproveitou para destacar que a Turquia não permite que os jihadistas atuem em território turco, mas liberam suas fronteiras para que adentrem a Síria.

Publicidade
Publicidade

A Turquia e o terrorismo de Erdogan

A afirmação do diplomata não é espantosa, uma vez que em novembro do ano passado, o diretor de um jornal turco foi preso a pedido de Erdogan pelo seguinte motivo: divulgou um vídeo em comprovava que o governo turco vende armas para os jihadistas.

Desde então, Erdogan começou a censurar a imprensa ao máximo, bem como tirando sites importantes do ar. Desde 2014, várias vezes sites do grupo Google, como Youtube, foram retirados do ar. Facebook também já foi bloqueado no país após ‘decisões’ politicas. Mesmo quando sites são liberados para voltar a funcionar no país, um rígido sistema de monitoramento é realizado nas plataformas.

Ainda no ano passado, Vladimir Putin acusou Erdogan e a Turquia de serem cúmplices dos terroristas. O presidente russo proferiu várias sanções contra a Turquia e o clima político entre os dois países está cada vez mais pesado.

Publicidade

Bashar Assad conferiu uma entrevista à Agência AFP em que afirma que acredita que a Turquia invada a Síria, pois Erdogan é um ‘fanático religioso do islã’ e quer defender o Estado Islâmico, embora diga o contrário.

A Turquia e a Arábia Saudita anunciaram que vão realizar uma operação terrestre pela Síria e consideram a derrubada de Assad do poder. Assad já avisou que vai confrontá-los se adentrarem território sírio e a Rússia já comunicou através do primeiro ministro Dmitry que se a #Coalizão americana; do qual a Turquia faz parte,; invadir a Síria, uma grande e prolongada guerra mundial iniciará. #Guerra Civil #Coalizão russa