Desde o início da década de 30, a sede da montadora Volkswagen, localizada na cidade de Wolfsburg, distante cerca de 230 quilômetros de Berlim, capital da Alemanha, não produz apenas automóveis, mas também salsichas e ketchup. 

Milhões de "currywurst", uma tradicional salsicha regada com molho curry, adorada por alemães de todas as idades, são distribuídas anualmente pela companhia, em geral, para as outras unidades fabris e escritórios espalhados pela Europa.

Consta também que a Volkswagen já chegou a produzir vegetais e, atualmente, seu cardápio de produtos alimentícios traz diversos tipos de molhos, incluindo um ketchup com sua marca. 

Apesar da expansão na produção, a empresa jamais cogitou vender esses itens em supermercados ou exportar para fora da Europa por não querer associar a imagem de montadora ao de alimentos. 

Números

Ao divulgar o desempenho da companhia em todo o mundo, no ano passado, um dado chamou a atenção.

Publicidade
Publicidade

Em 2015, a Volkswagen produziu mais salsichas do que carros. Foram 7,3 milhões de unidades do alimento contra 5,8 milhões de automóveis.

Obviamente, não há comparação em termos de valor financeiro, mas o resultado do açougue alemão é digno de empresas de porte médio do mesmo setor. 

Quanto ao ketchup, foram produzidas mais de 600 toneladas. Um recorde. 

E no Brasil?

A redação da Blasting News tentou contato com a assessoria de imprensa da Volkswagen Brasil para saber se os alimentos produzidos pela matriz alemã também são consumidos, por exemplo, na antiga fábrica de São Bernardo do Campo, mas não obteve resposta até a publicação deste artigo. 

No site em português, é possível comprar uma série de produtos com a marca da empresa. Camisetas, bonés, adesivos, carros em miniatura e chaveiros estão disponíveis com preços que variam entre R$ 9,90 e R$ 259,90. 

Um dos destaques é a "Fusca Collection" em alusão ao carro que se tornou um ícone da produção mundial no século passado. 

Maiores informações estão disponíveis na loja virtual da Volkswagen (veja o link abaixo). 

  #Negócios #Curiosidades #Grande ABC