Steven Van de Velde foi condenado a uma pena de quatro anos de cadeia após manter relações sexuais com uma menina de 12 anos. O caso aconteceu em 2014, quando o jogador de voleibol holandês tinha apenas 19 anos. No entanto, era sete anos mais velho do que a vítima que conheceu através da internet. Agora, foi mesmo condenando por três acusações de atos sexuais com a menor de idade. 

Van de Velde conheceu a menina no facebook e os dois conversavam através dessa rede social. Ele sabia que ela tinha apenas doze anos nessa época, mas nem assim parou com as conversações. A criança teria revelado em tribunal que ele fazia ela "se sentir especial" e aceitou combinar um encontro

O atleta acabou por voar de Amesterdã, na Holanda, até Inglaterra para consumar seu desejo sexual pela menina.

Publicidade
Publicidade

Primeiramente, os dois se encontraram para reservarem um quarto em um hotel. Como não conseguiram fazer a marcação, acabaram por ficar juntos perto de um lago. Logo aí teria acontecido o primeiro ato sexual entre os dois. 

No dia seguinte, os dois se encontraram, na casa da menina, em Milton Keynes. A casa estava vazia e o jogador de voleibol acabou tendo relações sexuais com a criança, tirando sua virgindade. Sabendo bem o que tinha feito, o atleta pediu para ela tomar a pílula do dia seguinte logo pela manhã. Após essa recomendação, Steven voltou para a Holanda. 

O caso foi descoberto e tornado público quando os pais levaram a criança em uma clínica de planejamento familiar. A #Justiça britânica pediu para a Holanda a extradição do jogador de voleibol, um pedido que seria concedido para que ele pudesse ser julgado pelos crimes sexuais cometidos contra a menina, mas pela justiça britânica.

Publicidade

Apesar de os advogados do jogador dizerem que ele não viajou propositadamente para ter sexo com a menina, o juiz considerou que ele estava "nem há seis horas" em solo britânico, quando já estava tendo sexo oral com a vítima. "Isso é estupro, atendendo a idade dela", declarou o juíz Francis Sheridan, citado pelo jornal The Sun. 

Steven Van de Velde fazia parte do projeto olímpico da seleção da Holanda e deveria estar presento nos Jogos do Rio, de 2016. Tal já não vai acontecer uma vez que nessa data, o jovem, agora com 21 anos, vai estar preso.  #Europa #Casos de polícia