A utilização de drones vem crescendo pelo mundo, e os casos de acidentes provocados por estes equipamentos começam a preocupar e colocar em questão o quão seguros são.

No condado de Worcestershire, na Inglaterra, um menino de apenas de 18 meses de idade, Oscar Webb, foi atingido no rosto por um drone e acabou perdendo o olho direito.

O equipamento era operado por Simon Evans, amigo de família que frequentava a casa da família Webb. Segundo Evans, o drone não ficou mais do que um minuto sobrevoando o local quando ele perdeu o controle. Evans disse que quando tentou pousar o drone, ele bateu em uma árvore e rodou, e na sequência, apenas ouviu o choro do menino.

Publicidade
Publicidade

De acordo com a mãe de Oscar, os médicos tentaram recuperar a visão do garoto, mas sem sucesso. A hélice feriu o nervo óptico do menino, impossibilitando a cura. Ela diz ainda que durante a ida ao hospital, na ambulância, viu algo que parecia ser uma parte do olho do filho, o que descreve como sendo “a pior coisa que já viu.”

Faye Mellington, médica que liderou a operação para curar o garoto, disse que logo no início já previu que as chances eram baixas. Sem sucesso na recuperação da visão, os médicos decidiram pela remoção do olho direito, já que será possível a aplicação de uma prótese no futuro, mas após passar por mais algumas cirurgias.

Para a médica Mellington, um caso como este, em uma criança tão jovem, é novidade. Ela diz ainda que, com a popularidade dos drones aumentando em velocidade considerável, é bastante provável que acidentes similares sejam mais frequentes daqui para frente caso os equipamentos não recebam algum aprimoramento de segurança.

Publicidade

Com o perigo real demonstrado pelos drones, principalmente após este acidente, o departamento de aviação britânica lançou um manual de segurança que auxilia pessoas na operação de drones. Ainda este ano, mais informações a respeito do mesmo devem ser redigidas para o cuidado com o artefato.

Qual a sua opinião a respeito dos drones? Deixe a sua opinião nos comentários a seguir e compartilhe estas informações. #Europa