Todos os dias passamos ao lado de situações do qual poderíamos até ajudar, mas nem percebemos, pois estamos sempre com pressa demais para nos importarmos, sobretudo nas cidades grandes. Mas algumas pessoas ainda conseguem doar um pouco de si para aqueles que mais precisam.

Esse é o caso de Eric, um homem que passava pela calçada quando um dócil cachorrinho foi atropelado. O motorista não se deu o trabalho de prestar socorro ao animal ferido, pisando no acelerador e desaparecendo pela rua à fora.

Eric então pediu ajuda do resgate, mas nem por isso abandonou o animal. Começou a chover, mas o homem ficou ao lado do cachorro, o ‘confortando’.

Publicidade
Publicidade

O cãozinho estava ferido e não podia se mover, jogado na calçada.

A cena foi clicada e divulgada em uma página do Facebook, que logo ganhou repercussão entre internautas de todo o mundo. Ao chegar no local, o xerife da cidade (que equivale à um delegado, só que cuida de uma área maior), disse que Eric foi um ser superior naquele momento de sofrimento do animal, do qual foi atropelado por uma pessoa que pouco se importou com o cão.

O xerife o agradeceu e pediu que as pessoas compartilhassem a foto a fim de mostrar a gratidão por sua nobre atitude, não abandonando o cachorro enquanto aguardava que um serviço de resgate animal chegasse.

Muitos internautas o apelidaram de ‘O bom samaritano’ pela sua nobre atitude, pois muitas pessoas sentiram pena do animal, mas ninguém teve a mesma atitude e coragem que Eric.

Publicidade

Não se sabe mais informações sobre o rapaz além de seu primeiro nome. Ele apenas surgiu repentinamente e atendeu um chamado silencioso de ‘ajude-me e não me deixe sozinho aqui’.

Também não foi divulgado o estado do cão após o resgate, mas devido os comentários locais, tudo indica que o bichinho sobreviveu após o atendimento veterinário. Já Eric, plantou uma semente de esperança no coração daqueles que achavam que não existiam mais pessoas capazes de se importar com o estado de um cão.

Linda atitude e parabéns ao Eric! Que continue assim e sirva de exemplo para outras pessoas.

E você, teria coragem de abrir mão do seu próprio eu e de seus compromissos para ficar ao lado de um cãozinho desconhecido e atropelado? Deixe um comentário com a sua opinião. #Animais #Cães #Comportamento