Muitas pessoas, devido à crise brasileira, problemas na segurança, saúde e educação, ou simplesmente por não gostar do país, pensam em ir morar no exterior. A  Argentina é uma opção que passa pela cabeça de muitos, em especial Buenos Aires mas acabam tendo dúvidas, seja pelo idioma, por não saber se vai gostar do país ou não conhecê-lo direito ou outros motivos diversos. Foram selecionados 10 motivos bons de se viver na capital Argentina segundo muitos brasileiros que vivem lá e que não voltariam para o Brasil. Seguem abaixo:

1. Tempo livre aproveitado

Há muitos bares, restaurantes, praças, feiras e discotecas pela cidade.

Publicidade
Publicidade

Os portenhos sempre estão nos lugares ou próprias casas com amigos. Eles levam os cachorros para passear, os filhos para brincar e em dias de sol fazem piqueniques ou até tomam banho de sol em qualquer gramado de praça que encontrem. Enfim, aproveitam a vida ao máximo.

2. Cafés e Restaurantes

Buenos Aires é cheia de restaurantes e bares em todos os cantos da cidade. Lá, qualquer hora é boa para um cafezinho. Neste sentido, a capital se assemelha a Paris e muitas pessoas gostam de interagir e ter um momento relax com seu amor, amigos e colegas de trabalho.

3. Liberdade de estilo e expressão

Em Buenos Aires é possível encontrar muitas pessoas com mente aberta como costuma ser em Londres. Lá há todos tipos de pessoas, com variações de música e estilo e há lugar para nerds, para tatuados, veganos e homossexuais e a maioria é aceito por grande parte da sociedade.

Publicidade

4. Estudos

Buenos aires oferece uma gama de cursos e universidades de tirar o chapéu. Estudantes do mundo todo vão estudar na cidade e muitas vezes não gastam um centavo com estudo. Um dos cursos universitários mais procurados mundialmente e em especial por brasileiros, é medicina. Há diversas faculdades com ótima qualidade de ensino e que não tem custo e nem sequer vestibular.

5. Meios de locomoção

Buenos Aires é uma cidade que nos faz perceber como em muitos lugares é possível sim, viver sem carro. Por mais que seja uma capital, ela é considerada compacta e de fácil locomoção. É fácil andar a pé pela cidade sem se perder, pois as ruas têm exatos 100 números. Também tem o metrô, táxis, trens e ônibus. Há diversas formas de se locomover dentro e nos arredores da cidade sem gastar muito e sem perder muito tempo no trânsito.

6. Gastronomia

A gastronomia argentina é muito influenciada pela cultura italiana. O que é bem específico e famoso na Argentina é a carne, macia e saborosa. Além disto as famosas medialunas, empanadas, o doce de leite e o alfajor estão na lista de iguarias inesquecíveis do páis.

Publicidade

Vale citar também os vinhos argentinos que são conhecidos mundialmente com opções para todos os gostos e bolsos.

7. Estações do ano definidas

Especialmente para quem vive mais ao norte do Brasil, a Argentina pode ser um choque de temperatura. Em Buenos Aires percebe-se a mudança de cada estação, desde um calor infernal no verão até um frio sofrido no inverno. Notamos as estações nas árvores, na temperatura e até mesmo na moda.

8 - Cultura

A cidade esbanja cultura desde as livrarias e sebos, até as galerias, eventos e livros gratuitos. Há sempre shows, cinemas, mostras culturais, exposições de arte e feirinhas. Há também tours disponíveis para se conhecer a cidade ou mesmo os arredores dela.

9 - Próxima a outros países

O Uruguai é o país de mais fácil acesso a partir de Buenos Aires de barco em aproximadamente duas horas saindo de Puerto Madero. Além disto, há outros países próximos como o próprio Brasil, o que facilita sua visita mais frequente à família.

10 - Diversidade cultural 

Por ser uma capital e uma cidade de "mente aberta", há espaço para todos. Lá encontramos pessoas de todo o mundo, por isso é possível ter aulas desde tango até capoeira, ouvir música japonesa ou caribenha. Também é possível escutar todos idiomas. Vantagem: você pode aperfeiçoar e praticar outras línguas. 

A  Argentina está entre os 5 melhores países com ótimo custo benefício para se fazer um intercâmbio. #Curiosidades #Viagem #Trabalhar no exterior