Mais uma vez estamos diante de uma tragédia na Índia, envolvendo a construção civil daquele país. Não são raras as vezes que edifícios inteiros vêm abaixo, deixando dezenas de mortos e feridos, por causa da falta de fiscalização, descaso e da #Corrupção presente nos órgãos públicos e nas empresas particulares na Índia.

Segundo o portal de notícias G1, o desabamento da ponte aconteceu na manhã desta quinta-feira (31), na cidade de Calcutá, no leste da Índia.

A ponte estava em construção há 5 anos

A ponte ainda estava em construção depois do início das obras há cinco anos atrás. Parte das vítimas da queda desta estrutura são trabalhadores, que estavam executando a obra.

Publicidade
Publicidade

A CNN informou, que logo depois do desabamento, 70 pessoas já haviam sido socorridas, não se sabe o estado de saúde delas.

As equipes de resgate, policiais e dezenas de pessoas retiravam blocos de cimento, ferros retrocidos com as próprias mãos, na tentativa desesperada de socorrer as vítimas presas aos escombros. Segundo a agência de notícias France Presse, o exército também mobilizou equipes para ajudar no resgates das centenas de vítimas.

Local de comércio popular

A área onde ocorreu o desabamento, é um local de comércio popular que estava bastante movimentado no momento do acidente. O desabamento aconteceu por volta meio-dia horário local, neste período do dia, nas lojas e nas ruas próximas a ponte que veio ao chão, geralmente têm muitas pessoas, fazendo compras e transitando na região.

Publicidade

Houve muita correria e desespero no momento do desabamento, a nuvem de poeira dificultava o entendimento do que realmente havia acontecido. A ponte desabouem cima de pedestres, trabalhadores da obra e de muitos veículos que passavam pelo local.

Construção civil na índia é considerada de péssima qualidade

Infelizmente acidentes graves com edificações na Índia, são constantes e ganham as manchetes do mundo inteiro. A alta demanda por moradia, pela melhoria nas infraestruturas urbanas, e o descaso total das autoridades, aliados a empresários sem escrúpulos, promovem estas tragédias. São edificações feitas com material de qualidade duvidosa, sem as especificações corretas, com mais andares do que estava previsto no projeto, uso de menos material do que o necessário, como por exemplo, ferragens, que colocam centenas de vidas em risco diariamente em o país.

  #Trabalho #É Manchete!