O caso é verdadeiramente chocante, mas os contornos que o tribunal estão descobrindo o tornam ainda mais maquiavélico. Ayeeshia Jane Smith morreu com apenas 21 meses e a causa teria sido uma ruptura cardíaca, que teria sido provocada ou por um pontapé forte no peito ou por ter sido sacudida violentamente, de acordo com os resultados da autópsia. A mãe, Kathryn Smith, e o namorado, Matthew Rigby, são os principais suspeitos pela morte da menina. Nesta sexta-feira (18), o tribunal de Birmingham, na Inglaterra, ouviu que quando a menina morreu, não era alimentada por mais de uma semana. 

Após a morte da menina, os especialistas clínicos teriam dito que a criança parecia ter sofrido um choque de carro, tal os ferimentos que ela tinha.

Publicidade
Publicidade

Algumas lesões seriam antigas, daí se suspeitar que as agressões já vinham durando há algum tempo. Para lá da violência física,  Ayeeshia Jane sofreria outros maus tratos. A fome seria um deles, como os relatórios médicos já tinham provado.

Após o corpo da menina ser observado, apenas tinha "vestígios de batatas fritas e um biscoito de chocolate em seu estômago". Agora, o tribunal teve acesso às converrsas telefônicas que a mãe teve nos dias antes da morte da menina e o caso ficou ainda mais chocante. 

Sem dinheiro para comida, mas para se drogar

A mulher teria garantido que o problema seria falta de dinheiro. As mensagens trocadas com a mãe e o namorado explicam bem que a criança passaria fome. "A AJ [ Ayeeshia Jane] fica sentada no quarto chorando com fome. Não estou conseguindo alimentá-la há uma semana", escreveu Kathryn em uma mensagem enviada para a sua mãe.

Publicidade

Ao namorado, Rigby, partilhou o mesmo problema: "Eu só quero o dinheiro que eu estou em dívida. A AJ está com fome". 

 No entanto, em algumas outras mensagens que trocou com Rigby, eles planejavam comprar droga, porque já só teriam "umas dez gramas de erva". Nessa sessão, ficou ainda evidente que o casal discutia muito e se xingavam várias vezes. O vício da droga poderia ser um dos principais problemas para esse casal e Ayeeshia Jane foi a maior vítima dessa história. 

O julgamento vai continuar.  #Família #Justiça #Crime