O jornal "O Sul" em 02 de março de 2016 publicou o relatório de "Melhores países" fornecido pela Suíça, com um total de 60 participando, informando que a Alemanha foi colocada em primeiro lugar no ranking, seguida pelo Canadá, Reino Unido e Estados Unidos, respectivamente. O Brasil ficou em 20º lugar como melhor país do mundo (mas em 1º lugar apenas no subranking aventura).

O ranking foi decidido levando em conta 65 características nos países e 16 mil pessoas foram votadas por todo o mundo. Elas tinham que levar em consideração estes 65 atributos sobre cada país para então poder votar. Eles foram divididos em 9 categorias que por sua vez se subdividiram em outras mais.

Publicidade
Publicidade

Os principais quesitos foram cidadania, empreendedorismo, qualidade de vida, patrimônio e influência cultural.

Muitas pessoas quando pensam na possibilidade de morar na Alemanha já descartam pelo medo do idioma alemão e por achar que o país não passa de cerveja e salsicha. Se você é uma destas pessoas, saiba que o país tem muito mais do que isto a oferecer e é disto que trataremos agora.

Vejamos abaixo 10 motivos segundo "Brasileiras pelo mundo" de "porque você deveria e iria gostar de morar na Alemanha" só para entender melhor sobre o país e ficar com vontade de conhecê-lo e saber mais sobre ele:

1 - Qualidade de vida

A Alemanha está entre os países com melhor qualidade de vida no mundo. Ela se destaca em todos os quesitos englobados na qualidade de vida, especialmente na renda e educação.

Publicidade

2 - Educação

O nível de educação nas escolas da Alemanha é altíssimo e as universidades públicas do país estão entre as melhores do mundo, com opções em diversas áreas e para estrangeiros.

3 - Direitos trabalhistas

As empresas oferecem seis semanas de férias anuais. Em caso de doença o atestado é solicitado somente após 3 dias de falta. A maioria dos empregadores pagam bônus pró labore e 13º divididos em entre metade e fim do ano, entre diversos outros benefícios. 

4 - Incentivos para se ter filhos

Algo que vem preocupando o governo alemão é o fato dos nativos estarem tendo cada vez menos filhos. Por isto cada casal que decida ter um filho alemão recebe um auxílio financeiro até que ele complete 25 anos. As mulheres podem obter licença maternidade de até um ano (remunerada) e prolongar por mais tempo (sem remuneração).

5 - Tudo funciona

Dificilmente há filas em bancos e mercados, as faixas de pedestres e ciclistas são respeitadas, em uma hora é possível registrar um carro e sair com ele emplacado, o trânsito é considerado "gentil", e por aí vai.

Publicidade

Enfim, um exemplo para o Brasil.

6 - Alimentação saudável

Nos super e mini mercados é possui encontrar facilmente muitos produtos orgânicos e saudáveis, além de diversos alimentos em versões com menos conservantes e menos prejudiciais à saúde. 

7 - Transporte público

A combinação de metrôs, ônibus, trens e trams é praticamente perfeita e o sistema de transporte público um dos melhores do mundo. Não é o sistema mais barato do mundo, mas pelo menos se paga por algo que realmente funciona, que é limpo, pontual, eficaz e organizado.

8 - Sistema de Saúde

O sistema de saúde público da Alemanha é de se tirar o chapéu e geralmente não é preciso nem optar por um plano privado. O sistema oferece até serviços que no Brasil às vezes nem mesmo os privados oferecem como dentistas, nutricionistas, psicólogos e muito mais.

9 - Meio Ambiente

O país investe em energia solar e eólica e há incentivo para as casas optarem por ter teto solar. Há também um cuidado especial com a reciclagem, separação de lixo e o respeito dos alemães para com a natureza é inacreditável.

10 - Aberto à outras nacionalidades

Após seu passado sombrio, a Alemanha hoje recebe muito bem os estrangeiros em aproximadamente 10% da população ser estrangeira.

Pra completar seguem os nomes das principais cidades da Alemanha: Berlim, Munique, Colônia, Hamburgo, Frankfurt, Dresden, Struttgart, Dortmund e Dusseldorf. #Estudar no exterior #Trabalhar no exterior #Intercâmbio