Buddy George, de apenas dois anos, deu um susto enorme em seus pais, quando ficou pendurado na cama pelo pescoço. O menino estaria sozinho, brincando na cama dos pais, enquanto a mãe foi no banheiro. Quando regressou, encontrou a criança inconsciente, com a face azul e pendurado pelo pescoço na cama hidráulica. O menino está se recuperando, mas as autoridades estão investigando esse tipo de camas, afim de serem evitados novos acidentes e potencialmente ainda mais graves do que esse que vitimou essa #Família de Nottingham, na Inglaterra. 

Essas camas hidráulicas têm a vantagem de poderem ser elevadas, mas ao que parece, também podem ser bem perigosas.

Publicidade
Publicidade

O acidente aconteceu no início dessa semana, quando Charlotte Hames, de 30 anos, tinha deixado o filho, Buddy, brincando no seu quarto. Por estranhar o silêncio, regressou no quarto e encontrou o filho pendurado pelo pescoço, e a cama elevada. O menino teria conseguido elevar a cama e ficou mesmo preso, sem conseguir pedir ajuda e ficando logo desmaiado. 

Quando Charlotte entrou no quarto e pegou no menino, ele já nem respirava e tinha a face azul, pela pressão da mandíbula hidráulica da cama. Rápida na reação, Charlotte conseguiu pedir por ajuda, contatou a emergência e foi bater na porta do primeiro vizinho. Juntos, teriam iniciado as primeiras manobras de reanimação. Já no hospital, o menino se recuperou e até já se encontra em casa, livre de perigo. 

O pai estava trabalhando quando tudo aconteceu mas não se livrou de um tremendo susto, quando a esposa o contatou, falando que Buddy não estava respirando.

Publicidade

Agora, tanto Charlotte como Anthony Ancliff querem que esses acidentes loucos sejam evitados e estão tentando avisar outros pais, para que não passem pelo mesmo sufoco. 

O objetivo dessas camas é que quando levantadas, servem para armazenar várias coisas dentro delas. Após as arrumações, se voltam a fechar e fica tudo arrumado. No entanto, esse procedimento só poderia ser ativado pela estatura e peso de um adulto, de acordo com as autoridades inglesas, que estão preocupadas com o sucedido e estão investigando. Nesse momento, as autoridades estão conversando com os fabricantes desse tipo de cama, para que as vendas das mesmas possam ser canceladas e que possam modificar esse pedal que eleva a cama, para que não seja possível ser ativado por uma criança tão pequena como Buddy. 

E o leitor, sabia do perigo dessas camas? Conhece esses mecanismos? Partilhe sua opinião! #Europa