O cantor Prince foi encontrado sem vida por bombeiros e policiais americanos na manhã desta quinta-feira, 21. A informação foi confirmada em primeira mão pelo 'TMZ', que também noticiou cinco horas antes das demais mídias o falecimento de Michael Jackson. Por volta das 14h20, a informação também já tinha sido confirmada pela agências de notícias AP. CNN e outras mídias americanas confirmam apenas que um corpo foi encontrado na casa do cantor no bairro de Paisley Park, em Minnesota. Segundo informações da Globo News, o assessor do cantor também teria dito que Prince realmente morreu. As causas da morte não foram divulgadas. 

Voo termina com pouso de emergência dias antes de falecimento

Segundo o TMZ, fontes ligadas ao profissional da #Música também confirmaram que o corpo encontrado por policiais era mesmo do cantor.

Publicidade
Publicidade

Recentemente, o artista, um dos mais lendários de sua geração, chegou a ser hospitalizado. Na sexta-feira, 15, ele chegou a pedir que um jatinho particular voltasse para Minnesota após ter um forte mal estar. O pouco se emergência acabou sendo realizado no Quad City International Airport. As causas para o retorno nunca foram explicadas. 

Doença estranha

Sites especializados em famosos nos Estados Unidos dizem que Prince estava com uma gripe muito forte, que já vem sendo enfrentada por ele há semanas. No entanto, mais detalhes sobre a doença não foram manifestados pelo staff do cantor. O famoso chegou a cancelar dois shows por conta de um mal estar, mas na semana passada ainda se apresentou em Atlanta, no Canadá. Na apresentação, fãs disseram que o cantor não estava 100%, realizando uma performance a quem do que é acostumado a fazer. 

Um pouco da carreira

Prince é um dos maiores nomes da música pop no mundo.

Publicidade

Ele tinha 57 anos de idade e nasceu no estado de Menneapolis. Apesar de se tornar um artista internacional, ele preferiu continuar morando nos Estados Unidos. Seu primeiro álbum foi 'For You', ainda na década de 1970. Sua trajetória ficou conhecida por unir eletrônico e funk nas baladas. Artistas ainda não se pronunciaram sobre a morte do cantor.  #É Manchete!