Depois de, na semana passada, em Portugal, o Tribunal da Relação de Lisboa ter anulado uma decisão que obrigava o antigo coordenador da investigação do rapto de Madeleine McCann a pagar 500 mil euros de compensação aos pais da menina, um grupo de cidadãos britânicos organizou uma angariação de fundos com o objetivo de ajudar Gonçalo Amaral, o ex-investigador que, em seu livro “Maddie: A Verdade da Mentira” coloca a hipótese de terem sido os pais da criança os principais responsáveis pelo desaparecimento de Maddie.

O Tribunal da Relação de Lisboa foi chamado a analisar o recurso de Gonçalo Amaral depois do antigo investigador da Polícia Judiciária ter sido acusado de ter difamado Gerald e Kate McCann no seu livro “Maddie: A Verdade da Mentira”.

Publicidade
Publicidade

Em seu livro, o policial apresenta uma teoria onde afirma que foram os pais de Madeleine que provocaram o desaparecimento da sua própria filha. Inicialmente, o tribunal condenou Amaral a pagar 500 mil euros de compensação a Gerald e Kate, mas agora o Tribunal da Relação deu razão ao antigo coordenador do caso.

No entanto, Gerald e Kate não desistem desse caso e, rapidamente, divulgaram que pretendem continuar a sua luta na #Justiça, através de um novo recurso para um tribunal superior. Ao saberem disso, um grupo de cidadãos britânicos decidiu organizar uma angariação de fundos através do site Gofundme e, para surpresa de muitos, em poucos dias conseguiram juntar cerca de 50 mil libras, aproximadamente 260 mil reais.

Segundo os apoiadores britânicos de Gonçalo Amaral, o ex-policial português merece ser ajudado nessa luta judicial e prometem conseguir os fundos necessários para que ele possa continuar a enfrentar o casal McCann na justiça portuguesa.

Publicidade

Essa angariação de fundos demonstra que a opinião pública britânica se encontra dividida. É verdade que muitos simpatizam com os McCann e acreditam que o casal deve continuar a sua luta pela descoberta da verdade, porém, muitos outros duvidam de Kate e Gerry, acreditando mesmo que são os principais responsáveis pelo desaparecimento e até pelo homicídio da criança.

E você? O que acha? Acha que Gonçalo Amaral merece ser apoiado na justiça? Conte a sua opinião nos comentários. #Europa #Casos de polícia