O ano de sonho do Leicester quase terminou em pesadelo. Como foi publicado pelo site “Notícias ao Minuto”, o jovem atacante Demarai Gray, de apenas dezoito anos, saía de um helicóptero, juntamente com os seus colegas, quando, totalmente desprevenido, passou a poucos centímetros da pá do rotor traseiro, enquanto esta ainda girava em alta de velocidade. Graças a um auxiliar de bordo, o jovem conseguiu escapar ileso a uma decapitação certa.

A poucos dias de se tornaram os vencedores inéditos do Campeonato inglês, a cidade de Leicester tem festejado efusivamente o sucesso inesperado do clube local, sendo que no mês passado, quando o clube conseguiu marcar nos últimos minutos de uma partida, as autoridades inglesas registaram uma movimentação das placas terrestres completamente anormais, tendo o festejo de alguns milhares de pessoas provocado um pequeno terremoto na cidade.

Publicidade
Publicidade

O entusiasmo é tanto que por vezes as coisas mais simples parecem passar despercebidas aos heróis improváveis de Inglaterra. Foi precisamente isso que aconteceu com um dos titulares do Leicester, Demerai Gray, quando ao sair do helicóptero nem se lembrou que tinha de ter cuidado para onde se dirigia. Como informa a imprensa inglesa, os colegas do jovem viram que ele passou com a cabeça a centímetros da pá traseira que rodava a alta velocidade e que é capaz de cortar praticamente tudo, incluindo a cabeça de um ser humano.

Felizmente o incidente acabou em bem e o jovem não ficou ferido, para o alívio dos seus colegas que nem queriam acreditar no que estavam vendo. Assim, além dos jogadores, também o auxiliar de bordo presente no local, que imediatamente notou a  distração de Gray e conseguiu evitar o pior, está sendo visto como um verdadeiro herói na cidade de Leicester, que parece estar mais que preparada para lançar os foguetes e provocar mais terremotos de entusiamos em uma cidade que nunca viu o seu clube a conseguir conquistar uma das competições internacionais mais competitivas do mundo, a Liga Inglesa, que está recheada de instituições com investimentos de centenas de milhões de euros.

Publicidade

#Europa #Acidente