"Chocante e vil" foram os comentários de Jamie Vardy sobre as mensagens recebidas sobre sua filha, Sofia, de apenas um ano. A noiva de Vardy, craque do Leicester, partilhou duas fotografias da filha do casal e choveram comentários. Mas, alguns deles, eram de conteúdo ofensivo e ameaçavam sexualmente a criança. Vardy partilhou alguns desses comentários e a polícia já está investigando os autores das ofensas, que seriam de torcedores do Manchester United.

O 'tweet' de Jamie Vardy

Ameaçada de estupro por torcedores

Becky Nicholson, a noiva de Vardy, partilhou essa imagem da menina apoiando o pai no encontro desse domingo, que o Leicester venceu o Southampton, por 1-0.

Publicidade
Publicidade

Sofia aparece adorável na imagem, vestindo a camisola azul do Leicester e com a inscrição 'Papai' nas costas. 

Não tardaram as respostas e se, para muitos, Sofia estava linda, para outros, que se identificariam como torcedores do Manchester United, a menina seria alvo de ofensas sexuais. "Eu violaria tua filha" ou "vou meter os dedos até ela sangrar" são alguns dos comentários mais degradantes desses torcedores que já estão sob investigação policial. 

Para Jamie Vardy, o homem-gol da equipe sensação da Premier League, as ameaças recebidas foram chocantes. E, a verdade, é que as mesmas estão sendo censuradas por dezenas de internautas, que reagiram incrédulos a essas ameaças. São muitos os utilizadores do Twitter que estão apoiando o torcedor inglês. "Não são torcedores, são só idiotas", escreveu um fã de Martial, jogador do Manchester United.

Publicidade

"Não usem o #Futebol como desculpa", escreveu Selena. No geral, vários apoiantes reagiram com desprezo e repúdio a esses comentários contra a menina. 

Essa temporada, o Leicester se assume como o grande favorito a ser campeão inglês, o que aconteceria pela primeira vez e de forma surpreendente. Enquanto a equipa de Jamie Vardy (o grande craque dessa equipe e que já foi chamado na seleção inglesa) vai brilhando, o Manchester United continua desiludindo seus torcedores. Alguns deles, resolveram mostrar seu desagrado e se insurgiram contra uma criança inocente. 

Após a publicação de Vardy, as contas desses utilizadores foram eliminadas. No entanto, a polícia está investigando. O atacante inglês conta também com todo o apoio público do Leicester. "Estamos dando o nosso total apoio para Jamie e sua família, para lidar com este tipo de abuso chocante e remetendo o assunto para a polícia", revelou o porta-voz do clube inglês.  #Justiça #Europa