Todos os dias, enquanto estamos vivendo nossas vidas, pacatas ou não, um cão, gato ou qualquer outro animal, clama por ajuda, mesmo sem dizer uma só palavra.

São vítimas da maldade humana, de descaso, enfermidades e principalmente, falta de amor. Porque se um animal abandonado sentir que tem alguém pra falar por ele, então sentirá esse amor e saberá retribuir, desde que lhe haja tempo para isso.

A fundação de proteção e resgate animal ‘Hope For Paws’ recebeu um novo chamado de um jovem rapaz chamado Gabirel Sepulveda, que avisou ter encontrado um cão abandonado em uma ponte, mas que estava tão doente que não conseguia caminhar.

Publicidade
Publicidade

Quando chegaram, se depararam com um pitbull abatido, fraco e enfestado de carrapatos em sua pele e dentro de seu ouvido.

Levaram-no para o veterinário e no caminho o batizaram de Dennis. Ao tirar os carrapatos de Dennis, seu corpo sangrava e aquele sangue mostrava o quanto ele sofria há muito tempo, pois não seria possível ficar daquele jeito em poucas semanas.

De banho tomado e livre dos carrapatos. Dennis realizou exames que constataram que sofria de uma anemia muito grave e precisava urgentemente de uma transfusão de sangue. Uma cadela da fundação estava apta a fazer a doação de sangue, e assim o fizeram.

Voluntários, médicos e auxiliares tentaram demonstrar o máximo de amor por Dennis e ele parecia notar isso. Seu corpo já estava muito fraco e sua luta pela vida se tornava cada vez mais necessária e ao mesmo tempo difícil.

Publicidade

O vídeo abaixo mostra a história de Dennis desde o momento em que a equipe que o resgatou seguia para atender o chamado de Gabriel. O seu resgate, sua chegada ao hospital, seu diagnóstico, seu tratamento e a emoção de uma equipe que tentava de alguma forma se desculpar com Dennis por outros humanos terem falhado com ele.

As imagens comovem e a mensagem deixa claro o que um cão abandonado e negligenciado pode passar. A fundação faz um apelo para que as pessoas não ignorem quando veem um animal precisando de ajuda e incentiva que façam alguma coisa. Às vezes as pessoas sentem pena e por não possuírem condições financeiras de levar à um veterinário, acham que não podem fazer nada. Engano: podem fazer muito. Basta falar por aquele animal de alguma forma.

Outras pessoas decidem fotografar e pedir ajuda em redes sociais, para que alguém que tenha condição possa fazer o resgate, e ai surgem outras pessoas que sentem pena do animal, mas são tão pequenas e vazias que só sabem criticar quem tirou as fotos.

Publicidade

Claro que há casos e casos, mas se cada pessoa que visse a imagem de um animal precisando de ajuda e não pudesse ajudar com resgate ou doações, compartilhasse o caso, então teríamos mais #Animais salvos. Não é a opinião humana que conta na hora de ajudar, mas sim o bem estar daquele que já foi maltratado por todos a sua volta.

Critique menos, ajude mais e nunca se esqueça da mensagem de Dennis: fale por eles!

Prepare os lencinhos, pois esse vídeo vai encher seus olhos de ciscos e talvez, toque na sua consciência:

#Cães #Comportamento