Uma atitude desesperada de um aposentado americano, serve para chamar a atenção de todo o mundo, sobre a condição de vida dos idosos.

Segundo William Hager, de 86 anos, ele matou a esposa doente, pois não conseguia mais ver seu sofrimento, já que ele não tinha mais como pagar pelos medicamentos dela.

A população de idosos é crescente em todo o planeta, contudo em vários países, mesmo nos mais desenvolvidos a qualidade de vida daqueles que alcançaram a terceira idade, deixa muito a desejar. 

Na idade em que eles mais precisam de auxílio, a maioria encontra o abandono e o descaso.

De acordo o jornal Extra, o #Crime aconteceu no último domingo (15), na cidade de Port St.

Publicidade
Publicidade

Lucie, na Flórida, nos Estados Unidos. Saibam mais sobre este crime aqui.

Idoso mata esposa e liga para os filhos para contar o que havia feito

Segundo as informações dadas pela da rede "NBC News", os investigadores responsáveis pelo caso, relataram que o aposentado atirou contra sua esposa, Carolyn Hager, enquanto ela dormia. Logo em seguida ele ligou para os filhos, contanto o que havia feito, somente depois entrou em contato com a polícia e se entregou.

Ao telefone com a polícia Hager pediu desculpas por não ter ligado antes: "Eu quero me desculpar por não ter ligado mais cedo, mas eu queria contar primeiro aos meus filhos o que houve".

Confissão: Matei para acabar som o sofrimento dela 

Já na delegacia, o aposentado Hager, confessou que matou sua companheira Carolyn, por não suportar mais assistir seu sofrimento.

Publicidade

Hager contou que sua esposa que também era idosa, foi diagnosticada com artrose entre outras doenças, e seu padecer já durava 15 anos. 

O idoso revelou que os remédios para o tratamento da esposa eram muito caros, e que ele infelizmente já não tinha mais condições de comprar os medicamentos para aliviar suas dores lacerantes e vários outros sintomas que ela apresentava.

Ele disse que chegou a arrumar um emprego para conseguir custear o tratamento da sua mulher. Contudo em 2011 ele já estava totalmente falido, desde então, não conseguiu mais cuidar da esposa como ela merecia.

Por isso, para acabar de vez com sofrimento da esposa, ele resolveu matá-la.

O chefe da polícia local, Andrew Passeri, lamentou a morte da idosa e disse que é uma história muito triste. Pois é deplorável ver uma pessoa ter que escolher entre pagar as contas, ou comprar os medicamentos para sobreviver#Investigação Criminal #Casos de polícia