Um grupo de atletas australianos, devido a pouca ajuda financeira que recebe, resolveu tomar uma medida que beira o desespero, que é o financiamento coletivo via internet mais conhecido como crowdfunding, pois se não o fizerem, não terão condições de cobrir suas despesas para poderem vir ao Brasil e participar dos Jogos Olímpicos.

Em uma campanha crowdfunding, qualquer pessoa que se identifique com um projeto pode contribuir financeiramente. Normalmente, uma meta de valor a ser arrecadado é estipulada, e se não for atingida, o projeto proposto não é financiado e o dinheiro volta para quem fez as doações.

Pouco investimento

Na Austrália, enquanto alguns esportes recebem muita atenção da mídia e patrocínio de grandes empresas, como por exemplo, natação, futebol e hóquei, existem certas modalidades esportivas que recebem valores mínimos de financiamento, tais como hipismo, luta greco-romana, handebol e salto com vara, entre outros.

Publicidade
Publicidade

A parte triste da história é que estes atletas estão no auge de suas carreiras, e para manter o sonho de competirem nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, estão recorrendo a campanhas de financiamento coletivo, por ser esta uma alternativa que encontraram para driblar a dificuldade financeira pela qual passam.

Participação nas Olimpíadas incerta

Um exemplo de atleta que passa por problemas financeiros é Alice Ingley, uma arqueira de 23 anos de idade, da cidade de Perth.

Mesmo tendo ganhado o campeonato australiano de arco e flecha em 2014, Alice deixou sua casa e trabalho na Austrália Ocidental para viver em um alojamento que fica próximo à entidade que cuida da modalidade esportiva em Brisbane. “Como o tiro com arco não é um esporte de alto perfil, sou eu quem financia completamente o meu caminho para competições internacionais”, escreveu a esportista na sua página virtual de crowdfunding, acrescentando ainda que almeja participar das Olimpíadas: “Qualquer ajuda será apreciada e eu ficaria muito agradecida a todos os que me ajudarem a tornar este sonho realidade".

Publicidade

Alice precisa atingir uma meta de US$ 6 mil, e atualmente conta com pouco menos de US$ 2 mil. #Rio2016