Infelizmente de acordo com informações dadas pelo portal de notícias G1, uma aeronave Airbus 320 da EgyptAir, que saiu de Paris, rumo a cidade do Cairo no Egito, desapareceu quando sobrevoava o mar Mediterrâneo.

Saibam mais sobre o desaparecimento do avião aqui

O voo MS804 da EgyptAir, partiu do aeroporto internacional Charles de Gaulle, localizado na cidade de Paris, às 23h09 horário local (18h09 em Brasília), com destino a cidade no Cairo no Egito, o voo teria aproximadamente cinco horas e deveria ter aterrissado no Cairo, durante a madrugada desta quinta-feira (19), por volta das 3h15, horário local.

Informações dadas pelo ministro da defesa da Grécia, dão conta de que, no momento em que o avião desapareceu dos radares, ele estava a 37 mil pés, ou seja, a 11.300 metros de altura e que mudou sua rota de maneira súbita, de acordo com a Reuters.

Publicidade
Publicidade

Segundo a AFP - Agence France-Presse, após a mudança de rota, houve uma queda brusca na altitude da aeronave, de 37 mil caiu para 15 mil pés, cerca de 4,5 mil metros de altura. Quando o avião estava a cerca de 10 mil pés, ou a 3 mil metros acima do nível do mar, o contato foi perdido. O voo MS804 partiu de Paris com 56 passageiros e 10 tripulantes a bordo.

François Hollande, presidente da França, fez um pronunciamento afirmando que recebeu informações que confirmava a queda do avião da EgyptAir.

Sequestro?

A agência de notícias da Espanha EFE, chegou a especular um possível sequestro da aeronave. De acordo com a EFE, o piloto da aeronave teria emitido um pedido de socorro. Contudo essas informações não foram confirmadas pela empresa aérea EgyptAir.

Bola de fogo no céu

Um capitão de um navio mercante, deu um alerta, informando que viu uma "bola de fogo no céu", a cerca de 130 milhas náuticas ao sul da ilha de Karpatos, na Grécia.

Publicidade

Segundo o ministério da defesa grega, esta informação está sendo investigada. 

Terrorismo?

O ministro egípcio da avião, fez um pronunciamento, onde afirmou que acredita ser mais provável que a queda do avião tenha sido provocada por um ataque terrorista, do que por falha mecânica ou humana. Contudo as investigações estão se iniciando e não existe nenhuma confirmação de um ato terrorista.

Destroços

Segundo a Reuters, autoridades gregas acabam de informar que destroços foram encontrados a cerca de 50 milhas ao sul da região, onde o avião desapareceu do radar. Porém não existe confirmação de que os destroços sejam da aeronave desaparecida. #É Manchete! #Acidente