Ah, os #Animais! Esses pequenos (ou grandes) seres vivos detestados por poucos e amados por muitos. Seres considerados irracionais, mas que com muita sabedoria, dão inúmeras lições de moral em seres humanos através de seu silêncio e gestos.

Inúmeras histórias de companheirismo entre animais e seus donos são mostrados em todo o mundo, mas também há a fidelidade, amor e amizade entre os próprios animais. Nos Estados Unidos, mais precisamente na badalada Nova York, dois #Cães quebraram as regras do individualismo e demonstraram sua amizade um pelo outro.

Tudo começou com um Border Collie chamado Simon e que se recuperava de várias lesões em seu corpo se solidarizou por um recém resgatado.

Publicidade
Publicidade

Simon tem um amigo bem jovem, de apenas quatro meses e que precisava muito de ajuda. Então, esse valente e amoroso cãozinho decidiu comover todos do hospital ao ficar ao lado de Sammie desde a sua chegada, como se fosse um irmão mais velho que sabia exatamente o que era ser negligenciado.

Ambos viviam nas ruas e foram muito maltratados ao longo de suas curtas vidas, mas Simon quis dar força ao amigo, que mesmo sendo tão jovem e amável, foi vítima de cruéis torturas: O pequeno foi ‘pichado’ com um spray, levou um tiro na cabeça e ainda foi brutalmente arrastado por um carro. Como um milagre, o cãozinho sobreviveu e foi resgatado pela fundação Rescue Dogs Rock NYC.

Os dois cães reconheceram seus respectivos sofrimentos um no outro e decidiram se apoiar mutuamente. Ambos passaram por uma cirurgia e ficaram sob os cuidados da RDR.

Publicidade

Com dificuldades para se mover por conta dos muitos ferimentos em seu corpo, Sammie parecia ter mais força para lutar pela vida ao lado de Simon, que durante todo o tempo que lhe foi permitido pelos médicos veterináris, ficou ao lado do amigo.

Os veterinários aguardam para ver como Sammie irá se recuperar do procedimento cirúrgico, mas estão cientes que ele pode vir a precisar de uma nova cirurgia, bem como fisioterapia para retomar sua habilidade com as patas, troca constante de curativos e até terapia a laser, mas uma coisa eles têm certeza: Sammie não está sozinho, pois mesmo em fase de recuperação e com o corpo bem debilitado e a pele lesionada, Simon parece não ter planos de deixar seu melhor amigo na mão.

Todos os envolvidos no caso na fundação ficaram comovidos com a inteligência e afetividade entre dois animais que sofreram nas ruas e quando resgatadas pareciam ser os melhores amigos de todo o mundo, em uma demonstração de compreensão com a dor que cada um carregava.

Uma lição de amor e amizade que talvez a maioria das pessoas já tenham se esquecido como se demonstra. E você, será que tem deixado o seu lado Simon transparecer? Vale a pena refletir. #Comportamento