O portal religioso “Religious News Service” noticiou essa semana que os habitantes da pequena aldeia de Kalupapi, na Indonésia, confundiram uma boneca inflável com um anjo. A confusão foi tanta que a polícia foi obrigada a atuar, tudo para convencer os habitantes de que estavam afinal adorando aquilo que não passava de um brinquedo sexual.

Tudo começou quando um pescador da ilha Banggai saiu para pescar. Durante o seu trabalho, ele encontrou uma boneca inflável boiando na água e acabou a levando para terra fire. O homem cobriu o “brinquedo” com um lenço muçulmano e levou a boneca para a ilha. Quando chegou, os outros habitantes consideraram que a boneca era um milagre, um anjo caído do céu.

Publicidade
Publicidade

É que, por coincidência, no dia anterior tinha ocorrido um eclipse solar raro e os habitantes acabaram associando os dois acontecimentos como sendo um sinal de Deus.

Alguns dias depois, a história chamou a atenção da polícia, que lançou uma investigação. O chefe da policia falou à agência de notícias AFP e revelou que quando os policiais chegaram na aldeia ficaram desde logo surpreendidos. É que aquilo que tinha sido relatado como sendo um anjo, não passava afinal de uma boneca inflável, ou seja, um brinquedo sexual.

O chefe da polícia explicou aos jornalistas que naquela ilha de Kalupapi não há ainda acesso à internet e que, por essa razão, os habitantes não sabiam sequer o que é um brinquedo sexual. Os policiais acabaram tirando a boneca dos habitantes e a levando para a esquadra, onde acabou destruída.

Publicidade

O maior país muçulmano do mundo

A Indonésia é o maior país muçulmano do mundo e tem sofrido um processo de radicalização islâmica. Até há bem pouco tempo, o país era congratulado, por muita gente, pelo seu pluralismo, no entanto, desde 2013 isso tem mudado. Atualmente existe muita intolerância e perseguição contra diversos grupos não islâmicos, como, por exemplo, os católicos, os protestantes e até os budistas.

O que você acha sobre essa história? Parece surpreendente que algo assim ainda possa acontecer num mundo globalizado como o nosso? Conte a sua opinião nos comentários! #Curiosidades #Religião #Fanatismo religioso