A irmandade da pequena cidade de Lautaro, região central, da República do Chile esteve em festa na manhã do sábado, dia 21 de maio de 2016. De acordo com informações de fiéis nas redes sociais, a pequena #Igreja esteve lotada de irmãos de diversas regiões chilenas, de fora do país e também por visitantes ainda não convertidos. O frio subtropical do país não foi um empecilho para aquecer os corações com a palavra de Deus em uma cerimônia que emocionou os membros moradores da cidade da província de Cautín. 

O templo da Congregação de Lautaro é grandioso para os padrões locais quando visto pelo lado de fora. Duas cúpulas retilíneas apontam para o céu, para as nuvens, lugar onde os fiéis creem que verão Jesus Cristo quando ressurgir na Terra.

Publicidade
Publicidade

 Por dentro, o ambiente da pequena igreja é mais austero, porém muito aconchegante. Assemelha-se em muito a um suntuoso chalé para o inverno.

A Congregación Cristiana en Chile (CCL) é uma instituição de caráter religioso com ideais e práticas litúrgicas análogas a sua correspondente brasileira, a Congregação Cristã no Brasil. Existe no país andino desde o ano mil novecentos e setenta e cinco (1975) e diferentemente do Brasil, ainda há poucos templos e fiéis convertidos. De modo que uma parte considerável dos frequentadores seja de brasileiros que residem ou que visitam as frias terras chilenas. 

Para a Congregação, o templo de Lautaro é uma grande conquista, já que a cidade fica em pleno interior do país e conta apenas com uma população de cerca de 32 mil habitantes. A inauguração do último sábado comoveu de tal forma os fiéis, que estes se manifestaram nas redes sociais.

Publicidade

"Eu graças a Deus pude estar na inauguração. Tudo muito bonito" expressou um membro. Já uma das irmãs da CCL enfatizou sobre o templo de Lautaro que "está preciosa (a igreja), mas na verdade todas as nossas congregações são belas."  Ao final do culto, os fiéis presentes confraternizaram a abertura de mais um templo no país com oferecimento de um lanche, o que serviu para promover uma maior integração entre a irmandade.  #Comportamento