A fotografia de um bebê afogado nos braços de um socorrista alemão foi distribuída nessa segunda-feira (3) através de uma organização humanitária que trabalha no mar Mediterrâneo. Com a divulgação dessa imagem, a Sea-Watch, tem como objetivo ajudar a sensibilizar as autoridades europeias para o drama dos migrantes que tentam chegar às costas europeias fugindo do #Estado Islâmico.

O bebê que aparece na fotografia aparenta não ter mais do que 1 ano de idade. Ele foi retirado do mar, já sem vida, na última sexta-feira (27) depois do barco de madeira onde seguia ter naufragado. O mesmo barco que resgatou a criança retirou, naquele dia, outros 45 corpos do mar.

Publicidade
Publicidade

Felizmente, a equipa de socorristas conseguiu também resgatar com vida cerca de 135 migrantes.

Foi a organização humanitária Sea-Watch, que tem um barco de socorro entre a Líbia e a Itália, quem decidiu distribuir a fotografia do bebê falecido. A imagem foi tirada por fotógrafos profissionais que também seguiam a bordo com o objetivo de acompanhar e registrar a atividade dos socorristas.

O socorrista que aparece na fotografia segurando o bebê, afirmou à agência Reuters através de correio eletrônico, que avistou a criança dentro da água “como um boneco, com os braços esticados”. O funcionário da organização humanitária acrescentou ainda que, quando estava com o bebê nos braços começou a cantar para se confortar a ele mesmo e para dar alguma expressão aquele acontecimento que, para ele, é incompreensível.

Publicidade

A divulgação dessa imagem tem uma comparação com a fotografia do rapaz Sírio Aylan que foi encontrado sem vida em uma praia turca em 2015. A imagem de Aylan ajudou a sensibilizar a #Europa para a questão dos #Refugiados que todos os dias tentam chegar através do mar a países como a Turquia, Itália, Grécia e Espanha.

Quanto ao choque que a divulgação da imagem gera, os responsáveis da Sea-Watch foram claros ao dizer que a responsabilidade da existência de fotografias chocantes desse tipo é, apenas e só das autoridades europeias que não têm feito nada para acabar com a crise dos refugiados que continuam tentando alcança a Europa sem qualquer tipo de segurança.

O que você pensa sobre a divulgação dessa fotografia? Acha que vai fazer as autoridades europeias a preocuparem-se mais com a questão dos refugiados? Conte a sua opinião nos comentários!