No último episódio do programa de televisão britânico “Killer Woman”, o testemunho de uma criança com apenas sete anos deixou os espetadores surpreendidos e emocionados. Foram muitas as reações nas redes sociais, depois de AJ, ter revelado, em frente às câmeras, a forma como a sua mãe assassinou a sua jovem irmã.

O programa de #Televisão “Killer Woman” é um documentário que segue a história de várias mulheres condenadas por homicídio. Nesse último episódio, Piers Morgan, o autor do projeto, acompanhou a história macabra de Amanda Lewis, uma americana de 35 anos que foi acusada de assassinar a sua própria filha.

O caso aconteceu em 2008, e Amanda foi acusada de ter afogado a sua filha que, tinha apenas sete anos.

Publicidade
Publicidade

O #Crime foi considerado ainda mais grave, porque o homicídio foi cometido em frente ao seu outro filho, o menino AJ.

O testemunho da criança foi essencial para a condenação de Amanda, que sempre se declarou inocente. A mulher passou mesmo a um teste de polígrafo a que foi submetida, no entanto, depois do próprio filho ter feito a descrição sobre como tudo aconteceu, o tribunal acabarou por condená-la à prisão perpétua.

No episódio emitido essa semana, uma das cenas mais marcantes foi mesmo o testemunho de AJ. A criança, que na época do julgamento tinha apenas sete anos, aparece explicando ao procurador, através de desenhos, o ato macabro da sua mãe. “Essa é a mamãe matando a minha irmã”, disse AJ, enquanto apresentava um dos seus desenhos.

Além do testemunho de AJ, também o testemunho dos pais de Amanda foram determinantes para a sua condenação à prisão perpétua.

Publicidade

No mesmo episódio, eles afirmam que os seus netos eram, frequentemente, maltratados pela mãe.

Mal terminou o programa, foram muitos os espetadores que expressaram a sua opinião sobre o episódios nas redes sociais. A maioria dos fãs achou as palavras de AJ credíveis e muitos disseram que uma criança tão jovem, nunca teria razões para dizer uma mentira tão grande sobre um acontecimento tão traumatizante.

O que você acha sobre este tipo de programas de televisão? Acha que fazem sentido? Conte para nós a sua opinião! #Violência