Seu nome é Leonardo Saturnino Ferreira e ele já foi destaque em noticiários quando ganhou uma bolsa de estudos pelo National Institute for International Education para cursar engenharia elétrica na Coreia do Sul.

O jovem está no quarto ano do curso superior e tem um dia bem agitado, onde se divide em suas diversas atividades, como a co-direção do LOJ Institute e a direção do Grupo de Estudantes Brasileiros na Coreia, além de ter participação regular em programas de TV.

Em meio à essa rotina, engana-se quem pensa que o rapaz está desligado do que acontece na política brasileira. Em abril, Leonardo divulgou um vídeo em que participa de um programa da TV Joseon.

Publicidade
Publicidade

Nele, Leonardo é convidado a fazer parte de um debate sobre política com os apresentadores e com um outro convidado que veio do Irã.

Na ocasião, ele explica a polarização política no Brasil e a marginalização da direita feita pela esquerda, bem como afirma que o deputado Jair Bolsonaro é o único político que de fato é de direita e representa essa importante e crescente parcela da população brasileira.

O pensamento de Leonardo, nitidamente não foi apreciado pela apresentadora do programa, mas vale lembrar que cada país tem a sua cultura e sua forma de pensar, agir e responder aos problemas políticos, de forma que só quem está vivendo o caos que uma péssima administração pública plantou no país sabe o que significa protestar nas ruas, nas redes sociais e em parte da imprensa que ainda não se calou diante da esquerda e seus abusos constantes.

Publicidade

Se por um lado a direita conservadora no Brasil é vista como radical e até pouco educada para algumas pessoas de determinados países, para os brasileiros ela é a solução para quem cansou de viver em um país com status de democrático, mas que na prática é dividido, desrespeitado e calado todos os dias. E quando alguém tenta gritar um 'basta', ouve um mantra ecoando entre políticos e militantes: ‘É golpe!’, 'Golpistas' (cuspe, cuspe).

O programa de TV foi ao ar em junho do ano passado, mas só há menos um mês Leonardo teve tempo para legendar o vídeo e divulgá-lo. Contatei o jovem na tarde desse domingo, 22, que me disse admirar o deputado por ele ser muito sincero e que adoraria apoiá-lo em sua candidatura à presidência para 2018, mesmo que à distância através de vídeos.

A participação de Leonardo no programa sul-coreano ganhou grande repercussão essa semana quando vários canais do Youtube e páginas de apoio à Jair Bolsonaro no Facebook republicaram o vídeo.

O assista agora:

Deixe um comentário com a sua #Opinião sobre essa notícia. #Televisão #Crise-de-governo