Os pais de Maddie McCann voltam a recorrer para a #Justiça. Kate e Gerry McCann já apresentaram recurso para o Supremo Tribunal de Justiça de Portugal. O casal inglês não aceita a anterior decisão, que no passado mês de abril deu razão para o detetive português. Os McCann não desistem de silenciar Gonçalo Amaral e menos ainda de receberem meio milhão de euros de indenização. 

A advogada portuguesa dos McCann revelou que seus clientes já entregaram o recurso em tribunal na segunda-feira. O casal não aceitou bem que o tribunal tivesse dado razão para o detetive português. Kate e Gerry reclamam que as acusações de Gonçalo Amaral em seu livro "Verdade da Mentira" poderiam ter condicionado a procura pela menina. 

Tudo porque o antigo chefe da polícia portuguesa criou uma tese em que defende o envolvimento dos pais no desaparecimento da pequena Maddie, em maio de 2007.

Publicidade
Publicidade

Por ele publicar em livro a possibilidade de os McCann estarem envolvidos na morte da menina e no posterior desaparecimento do corpo teria, alegadamente, dispersado a investigação, ao criar enorme ruído e dispersando as pistas. 

Certo é que Gonçalo Amaral acabou sendo afastado da investigação quando pretendia que os McCann fossem considerados suspeitos, isso após ter sido encontrado vestígio de sangue de Maddie na casa, onde a família inglesa estava passando férias na praia da Luz, em Portugal. Mais tarde, Gonçalo Amaral contou sua versão em livro mas o mesmo acabou tendo suas vendas suspendidas pelo tribunal. E Gonçalo Amaral foi mesmo condenado ao pagamento de meio milhão de euros de indenização para os McCann, dinheiro que os ingleses falaram que iriam gastar na procura da menina. 

Em abril desse ano e após recurso do detetive, o tribunal deu razão para o português.

Publicidade

O livro voltou a ser colocado para venda e a indenização foi anulada. Entretanto, os McCann recorreram para a última instância, no Tribunal Supremo de Justiça e uma fonte próxima da família inglesa contou, em declarações para o jornal The Sun, que os ingleses afinal até têm um outro destino para esse dinheiro. A fonte espera que o apelo seja favorável aos McCann porque "a conta no tribunal já está bem grande" e que caso Amaral não pague o meio milhão de euros, a conta no tribunal será paga por dinheiro "do fundo criado para encontrar Madeleine". 

Essa é a última esperança dos McCann contra Gonçalo Amaral. Após esta decisão, o caso na justiça ficará encerrado, para o bem de um ou de outros. 

O que pensa o leitor sobre este processo? Quem pensa que vai ganhar  o caso no tribunal: os McCann ou o detetive português? Comente com sua opinião.  #Europa