A jovem Anaya Ellick, de 7 anos de idade, residente da cidade de Chesapeake (Virginia), nos Estados Unidos, ganhou um prêmio nacional em uma competição de caligrafia – um fato que está inspirando muitas pessoas, pois a menina nasceu sem as mãos.

Tracy Cox, diretora da Greenbrier Christian Academy de Chesapeake, foi a pessoa que teve a ideia de colocar Anaya na competição, que é aberta a estudantes que estejam cursando desde o jardim de infância até a oitava série. "Há realmente muito pouco que esta menina não possa fazer", declarou Cox.  

Anaya participou em uma categoria da competição que incentiva a participação de alunos que apresentam atrasos cognitivos, deficiências intelectuais ou físicas, além de problemas de desenvolvimento.

Publicidade
Publicidade

A jovem estudante derrotou outros 50 concorrentes, que foram julgados por uma equipe de terapeutas ocupacionais.

Exemplo de determinação

"Olhamos para a sua escrita e ficamos chocados ao vermos como era a sua caligrafia, considerando que ela escreve sem as mãos", disse a diretora da competição, Kathleen Wright, à ABC News. "Sua redação foi comparável a de alguém que tinha as mãos."

Com a vitória, Anaya ganhou o Prêmio Especial Nicholas Maxim de Excelência em caligrafia. Para escrever, a menina prende um lápis entre os braços e levanta-se para obter o ângulo correto sobre o papel, dispensando o uso de próteses. Ron H. White, superintendente da Greenbrier Christian Academy, conta que os colegas de Anaya não a tratam de forma diferente por ter nascido sem as mãos, e tem a convicção de que a garota nem pensa nessa condição como um obstáculo.

Publicidade

A diretora Tracy Cox só tem elogios para menina: "Ela é realmente uma das que mais trabalham duro em sua classe”, e ressalta seu esforço: “Anaya é uma jovem notável. Ela não deixa nada pelo caminho do que se propõe a fazer”.

A mãe de Anaya, Bianca Middleton, comenta que as pessoas ficam constantemente impressionadas com os talentos de sua filha, comentando que a garota parece ser muito madura para a idade que tem, pelo seu jeito de falar e de se comportar.

Assista a um vídeo sobre Anaya, feito pela rede de notícias ABC News:

  #Escola #EUA