No último domingo, dia 12, foi noticiado por vários jornais portugueses, que uma criança de apenas 2 anos havia ficado gravemente ferida após o ataque de um cão da raça pitbull, no distrito de Santarém, Portugal. Contudo, depois da criança ter sido transportada para o #Hospital, foi divulgado que a criança apresentava apenas arranhões na orelha esquerda, sem grande gravidade aparente, como havia sido noticiado durante a tarde de domingo.

O cão pertencia a amigos da família da criança que foi arranhada na orelha. Segundo os testemunhos já analisados, a criança inicialmente teria tentado brincar com o cão, dando-lhe carinho, mas o animal não gostou muito da demonstração de afeto e arranhou a orelha da menina.

Publicidade
Publicidade

De acordo com os dados recolhidos pelo Jornal de Notícias, os pais da criança distraíram-se por alguns segundos, suficientes para este contato entre o cão e a criança.

Os vizinhos também foram entrevistados pelos meios de comunicação e todos eles afirmaram que o cão era muito meigo e que até estava acostumado a andar solto pela rua.

A criança de 2 anos foi levada para o hospital para curar a ferida e a família informou que ela teve alta no mesmo dia, mas depois houve uma outra divulgação, de que a criança continuava internada no hospital. Devido à falta de especialistas pediátricos no Hospital de Santarém, ela foi transferida para o Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, onde tem sido acompanhada por uma equipa médica pediátrica. 

Muitas pessoas têm comentado nas redes sociais, tentando arranjar culpados para esse caso.

Publicidade

Vários consideram que a culpa é dos pais da menina, por a terem deixado sozinha com o cão. Outros ainda afirmam que o cão deveria ser abatido por reagir desta forma perante uma criança que lhe era conhecida, enquanto outras pessoas consideram que o cão não faria nada se não tivesse razão para isso, que ele pode ter agido para se defender. No entanto, a maioria das pessoas acha que esse cão possa vir mesmo a ser abatido devido ao comportamento que teve com a criança. #Cães #Internet