Quatro dias após uma enorme bola de fogo (bólido) ser registrada numa rodovia da Flórida (#EUA), na quinta-feira (2), outro suposto meteoro foi testemunhado em sete estados, na última segunda-feira (6).

Segundo o periódico britânico Express, o evento, observado por centenas de norte-americanos, chegou a ser considerado uma ‘invasão alienígena’ por alguns indivíduos, impressionados com o episódio.

Gravado por celulares e câmeras acopladas aos veículos, conhecidas como ‘dashcams’, a anomalia, ocorrida durante o dia, sobre os estados do Illinois, Missouri, Indiana, Iowa, Kansas, Kentucky e Michigan, impressionou centenas de moradores, que, sem saberem a origem do objeto, ligaram para a polícia, além de contatarem o maior grupo privado de pesquisas ufológicas do mundo, a Mutual UFO Network (Mufon), com sede em vários países.

Publicidade
Publicidade

Conforme o jornal, os vídeos do bólido foram divulgados nas redes sociais, após surgir em todo o Centro-Oeste americano, com alegações de que era uma ‘luz que caiu do céu’.

A testemunha Tom Stolze, responsável pela filmagem exposta no final desta matéria, gravou a inusitada esfera brilhante sobre o município de O´Fallon, no Missouri (também existe uma cidade no Illinois com o mesmo nome).

Enquanto outro sujeito, que observou o insólito objeto da cidade de Wendelin, em Illinois, relatou o acontecido à Sociedade Americana de Meteoros (American Meteory Society-AMS).

“Eu podia jurar que ele pousou no campo por onde eu passei”, escreveu.

A estranheza e comoção causadas pelo bólido em plena luz do dia, mexeu com o imaginário da população daquele país. “Eu vi um raio de luz branca seguido por uma explosão amarela e laranja, antes dele desaparecer”, relatou outro americano aos astrônomos.

Publicidade

Embora a presença de corpos celestes extremamente luminosos, durante o dia, seja rara, a AMS salienta o fato de milhares de meteoros caírem no nosso planeta diariamente.

“Mas a maioria não pode ser visto à luz do dia, e muitas dessas quedas acontecem sobre os oceanos, onde não são visíveis”, explicam os especialistas em astronomia.

O vídeo do bólido sobre o estado do Missouri já teve mais de 340 mil visualizações em apenas três dias.

Enquanto isso, seguimos na torcida para que um novo ‘meteoro de Cheliabinsk’ não atinja a Terra tão cedo.

#Curiosidades #Internet