Na Índia, um tribunal condenou cinco homens a prisão perpétua por terem roubado e estuprado uma turista dinamarquesa em janeiro de 2014. Esse é mais um caso de estupro coletivo naquele país que, desde 2012, se tem preocupado cada vez mais com os crimes sexuais que são frequentemente cometidos em todo o seu território.

Foi na capital do país, em Nova Délhi, que tudo aconteceu. Em janeiro de 2014, uma turista dinamarquesa perdeu-se quando regressava para o seu hotel. Na tentativa de se orientar, a mulher de 52 anos aproximou-se de alguns homens a quem pediu ajuda. Os nove homens cercaram a cidadã da Dinamarca, roubaram tudo o que ela tinha e de seguida estupraram-na coletivamente.

Publicidade
Publicidade

Logo depois do #Crime, a dinamarquesa teve força e coragem para se dirigir à embaixada do seu país. Depois, na companhia do embaixador da Dinamarca, chamou a polícia a quem descreveu o brutal acontecimento. As autoridades policiais conseguiram rapidamente identificar e prender os suspeitos.

Entre os autores do crime estão três menores, que ainda estão sendo julgados em um tribunal juvenil. Em relação aos outros seis, um deles faleceu e os outro cinco foram agora condenados a prisão perpétua por um tribunal de Nova Délhi.

Os cinco homens, condenados a passar o resto da vida na prisão, podem ainda recorrer para um tribunal superior. No entanto, é pouco provável que o façam, pois além de terem poucos recursos financeiros, cometeram um crime que é cada vez mais escrutinado pelas autoridades do país.

Publicidade

A preocupação do governo indiano para com a #Violência sexual tem crescido desde 2012. Na época, um grupo de dezenas de homens estuprou e assassinou uma estudante dentro de um ônibus. Esse estupro coletivo levou a uma onda de protestos nas ruas. Os protestos de milhões de pessoas fizeram com que o governo viesse a tomar medidas significativas, como por exemplo, a criação de várias novas leis anti-estupro.

Apesar do crescimento do escrutínio contra a violêncial sexual naquele país asiático, continuam a ser frequentes ataques sexuais contra mulheres e crianças. Todos os dias são reportados vários casos de violência sexual naquele país.

O que você acha sobre a condenação dos cinco estupradores a prisão perpétua? Acha que foi uma pena justa? Escreva a sua opinião nos comentários! #Justiça