A Disney já instalou uma grade e também vários avisos no entorno da "prainha" onde o pequeno Lane Graves, de dois anos de idade, foi atacado, arrastado e morto por um jacaré num dos hotéis do complexo turístico, que fica em Orlando. 

A área já possuía pequenas placas que indicavam o perigo quanto aos animais. Agora, uma grade extensa e também vários avisos maiores circundam o local por onde a criança passeava juntamente com o pai, no último dia 14 de junho. Esse foi o segundo ataque de jacaré sofrido por um turista dentro da Disney. O primeiro aconteceu em 1986, mas não acabou em morte. 

A praia do hotel Grand Floridian está limpa, não existe nada que impossibilite a visualização de animais na água que é um pouco turva.

Publicidade
Publicidade

Nas novas placas existe um aviso para alertar sobre a presença de "jacarés" e também "cobras" e solicita que os turistas se mantenham distantes do local.

Os hóspedes do hotel da Disney criaram um memorial improvisado para lembrar o incidente com o garoto de dois anos. Os turistas estão deixando objetos da própria Disney, bichinhos de pelúcia, cartas escritas por outras crianças, flores e velas. É um memorial não oficial.

O ataque do jacaré chocou os moradores de Orlando que já estavam sofrendo com a morte de 49 pessoas no massacre na boate Pulse que completava menos de dois dias. Foi uma semana bastante atípica na cidade pacata do sul da Flórida. A cantora Christina Grimmie, que participou do The Voice US, foi assassinada na porta de uma casa de shows da cidade um dia antes do atentado na boate LGBT.

Publicidade

Apesar do susto por conta de toda a agitação com os acontecimentos que tomaram o noticiário nos Estados Unidos e também no mundo, os parques da Disney permanecem com o funcionamento e fluxo de pessoas normal. A rotina não foi alterada, apenas houve um reforço na revista de armas de fogo e artefatos metálicos na entrada de alguns parques. 

RELEMBRE O CASO

O pequeno Lane Graves foi arrastado por um jacaré americano quando passeava junto com o pai, numa prainha de um lago dentro do hotel Grand Floridian, que faz parte do complexo de resorts e parques da Walt Disney World, em Orlando, na Flórida. O incidente acontece por volta das 22 horas, horário de Brasília. 

O pai ainda correu para tentar salvar o garoto. Lutou com o jacaré e não obteve êxito. A polícia fez buscas e encontrou o corpo de Lane Grave intacto e foi constada a morte por afogamento.  #Turismo #EUA #Casos de polícia