Foi por muito pouco que um acidente de carro não terminou com consequências trágicas em Portugal. Após bater contra um muro, o carro pegou fogo e o homem, de 35 anos, desmaiou com o choque. Valeu a rapidez de dois transeuntes que estavam passando perto e conseguiram retirado o homem do perigo. Depois, chamaram os bombeiros e policiais, salvando dessa forma a vida desse homem. 

Após o azar, o motorista acabou tendo sorte. Não fossem essas duas pessoas que assistiram a tudo, o homem poderia ter morrido queimado. De acordo com informações do Jornal de Notícias, o motorista perdeu o controle do carro ao passar em uma rotatória, que acabou subindo.

Publicidade
Publicidade

Completamente descontrolado,o carro se chocou forte contra um muro. 

Ao bater, o homem teria ficado com alguns ferimentos, mas o pior de tudo foi que perdeu seus sentidos. Como o carro pegou fogo com o choque, o homem ficou irremediavelmente em risco de vida. Com o impacto forte do acidente de carro, a vítima sofreu alguma pancada na cabeça e o certo é que ficou desmaiado. 

No meio de tanto azar, esse homem teve a felicidade de não ficar sozinho nesse momento, e a rápida ação de dois transeuntes foi a sua salvação. Percebendo o perigo, essas pessoas, que não foram identificadas pelo Jornal de Notícias, correram para tirar o homem do carro em chamas. 

A Guarda Nacional Republicana e os Bombeiros de Vila do Conde correram rápido para o local do acidente, concluindo essa operação de salvamento.

Publicidade

Mais tarde, o homem foi levado para o hospital da Póvoa de Varzim, mas apenas com ferimentos ligeiros em um braço. Tirando isso, e alguma perturbação emocional depois do momento de stress que sofreu, parece que tudo acabou bem para esse homem. 

O acidente aconteceu em Touguinhó, Vila do Conde, uma cidade no Norte de Portugal, mas a vítima ainda não foi identificada, se desconhecendo ainda se era ou não morador dessa cidade. 

E o leitor, o que pensa desse caso? Foi heroico o ato desses transeuntes? O que faria nessa situação? Comente sua opinião! #Europa