A cantora Christina Grimmie teve um destino fatal na noite desta sexta-feira, 10, nos Estados Unidos. A bela jovem de 22 anos ficou conhecida em todo o planeta pela participação especial no reality show musical 'The Voice'  - versão americana - que também faz grande sucesso no Brasil sob a apresentação de Tiago Leifert. Christina Grimmie foi alvo de um atentado criminoso cometido pelo próprio fã. O homem ainda não teve o nome identificado pela Polícia dos Estados Unidos. O #Crime aconteceu no estado de Orlando. A jovem havia acabado de fazer uma das maiores apresentações de sua carreira no Teatro conhecido com o nome de 'The Plaza Live'.

A CNN chegou a exibir imagens ao vivo do local após o atentado.

Publicidade
Publicidade

Os motivos para o crime ainda são apurados por investigadores. A cantora havia acabado de fazer o show, quando foi dar autógrafos. Justamente quando atendia uma fã, ela foi baleada. A jovem ainda foi levada para o setor de emergência de um hospital localizado próximo à casa de shows. No entanto, minutos depois do atentado, a morte da menina já havia sido confirmada. 

Especula-se que o homem que atirou em Christina Grimmie seja um fã da cantora. Depois de matar sua suposta ídola, ele não aguentou a pressão e se suicidou. Em 2014,  segundo informações de uma emissora de TV dos Estados Unidos, Grimmie ficou em terceiro lugar na sexta temporada do The Voice. Vídeos com as apresentações dela ainda fazem grande sucesso no Youtube.

Caso Ana Hickmann

No mês passado, um crime parecido ocorreu no Brasil, mas por sorte a famosa em questão saiu sem ferimentos de um atentado.

Publicidade

A apresentadora e modelo Ana Hickmann foi vítima de um fã que achava que era namorado dela. Ele invadiu um hotel e fez Ana, sua assessora e um empresário de reféns. Após xingar, ameaçar de morte e dar tiros contra a apresentadora, o fã acabou sendo morto pelo empresário da contratada da TV Record. A assessoria da modelo levou dois tiros, chegou a ser internada, mas está bem e já até deu entrevistas sobre a história, que nem tão cedo será esquecida.  #Investigação Criminal