O baterista da banda portuguesa “'Sean Riley & The Slowriders”, Bruno Simões, está desaparecido há cerca de uma semana e as autoridades portugueses temem que o pior possa ter mesmo acontecido. Tal como informa o site “Notícias ao Minuto”, as autoridades receberam o alerta para o desaparecimento do músico na última quinta-feira, 9, mas só nos últimos dias é que foi encontrado o carro que pertence a Bruno Simões, completamente abandonado na ponte 25 de abril, com as portas abertas - uma descoberta macabra, que poderá significar que o talentoso músico se suicidou.

Em uma altura em que a banda “Sean Riley & The Slowriders” estava conseguindo se afirmar em Portugal, usando um estilo de #Música com sonoridades norte-americanas, o desaparecimento e possível morte de um dos seus principais músicos pode fazer com que o grupo seja obrigado a fazer uma enorme pausa.

Por enquanto, apesar do cenário mais provável apontada pela polícia ser o suicídio, a verdade é que no carro abandonado, de portas abertas, não se encontrava qualquer tipo de indicação que Bruno Simões pretendia se suicidar.

Publicidade
Publicidade

Ainda assim, e como informa o site “Notícias ao Minuto”, a polícia marítima já iniciou uma intensa procura no rio, sendo que por enquanto nada foi ainda encontrado. Em contrapartida, nenhum sinal de vida foi dado pelo músico nos últimos oito dias, o que reduz drasticamente a esperança de que ele possa estar vivo.

Nas redes sociais, muitos fãs da banda garantem estar muito perturbados pela falta de informação das autoridades portuguesas, apesar do que já foi encontrado. Quanto aos membros do “Sean Riley & The Slowriders”, ainda nenhum comunicado oficial foi dado com mais informações sobre o desaparecimento de Bruno Simões, sendo que resta agora aguardar por novas informações da investigação, que está sendo realizada pela polícia de Lisboa.

Vários amigos de Bruno Simões, que estiveram recentemente com o músico, já foram contactados, com o objetivo das autoridades conseguirem entender se ele demonstrou em algum momento, vontade de cometer suicídio, ou se simplesmente se encontrava visivelmente triste.

Publicidade

#Europa #Investigação Criminal