Aqui no Brasil os casos de violência sexual continuam, mesmo depois de tantos protestos, tantas mobilizações nas redes sociais, quase que diariamente temos um novo #Crime contra as crianças sendo anunciado. Mas não é só por aqui que essa situação lamentável desafia as autoridades e a população de um modo geral, nos Estados Unidos também são muitos os problemas neste sentido e um caso especial chamou a atenção de todos.

Um homem de 51 anos, conhecido por Lee Kaplan, estava mantendo em sua casa 12 crianças e a polícia agora investiga o que aconteceu, pois a história está muito confusa.

Tudo começou quando uma vizinha, Jen Betz, começou a se sentir incomodada pelo fato dele sempre sair de mãos dadas com uma menina muito nova e ele não acreditava que pudesse ser a esposa daquele homem por causa da grande diferença de idade, mas principalmente pelo fato de ser apenas uma criança. A vizinha contou que aquele homem sempre chamava a atenção com sua barba cheia, desalinhada e idade mais avançada que vivia rodeado de meninas.

Publicidade
Publicidade

Achando que algo pudesse estar errado, esta mulher entrou em contato com as autoridades locais e pediu que verificassem o que estava acontecendo dentro daquela casa.

A polícia preparou então uma mega operação e sem avisar nada cercou a casa na última sexta-feira. Quando todos os policiais estavam preparados um grupo invadiu a residência, localizada no pequeno vilarejo de Feasterville, onde moram pouco mais de 3 mil habitantes.

Dentro da casa a polícia encontrou 12 meninas, sendo que a mais nova tinha apenas 6 meses de vida, o que deixou os policiais perplexos. O responsável pela operação, o policial John Krimmel, informou que na hora da invasão as meninas se assustaram e saíram correndo, sendo que algumas até se esconderam sem saber o que estava acontecendo, mas logo elas foram acalmadas.

Publicidade

A mais velha de todas tem 18 anos e até o momento não foi possível identificá-la. Esta jovem revelou à polícia que 9 das meninas dentro da casa são suas filhas juntamente com o homem de 51 anos, só que eles não possuem nenhum documento de identificação ou que comprove isto. Pouco tempo depois esta mesma jovem disse que tinha mais dois filhos com Kaplan, sendo um de 3 anos e outro de 6 meses. Com tantas informações desencontradas, agora a polícia dá início a uma série de investigações para identificar cada uma das meninas e saber o que realmente se passava dentro daquela casa.

As investigações já revelaram que os pais da jovem de 18 anos moram a pouco mais de 100 km de distância e venderam a filha quando ela tinha apenas 14 anos. Entretanto a história ficou ainda mais confusa porque a polícia foi até a casa do casal e eles contaram à polícia que são pais também de 10 das meninas que estavam na casa com o homem de 51 anos.

A polícia desconfia que este homem estava vendendo as crianças no site eBay e agora ele enfrentará uma série de acusações como: corrupção de menores, contato sexual com crianças, abuso sexual, entre outras.

Publicidade

As crianças contarão com o apoio dos serviços sociais, enquanto as investigações prosseguem no intuito de tentar esclarecer toda esta história. #Violência #Casos de polícia