restaurante Yui, localizado na cidade de Obihiro, província de Hokkaido, oferece refeições pré-pagas que incluem bebidas e diversas refeições que aparecem no cardápio pagos antecipadamente por clientes solidários.

Inspirado no movimento italiano conhecido como "suspended coffee", em que um cliente solidário paga um café antecipadamente para um beneficiário anônimo, hoje espalhado em diversas cidades no mundo, o movimento visa destacar e espalhar ações de gentileza que servirão para inspirar outras pessoas a darem continuidade as boas ações.

No restaurante há um informe que mostra qual refeição se encontra disponível, livre de custo. O dono de restaurante, Tatsuo Honma, disse que "gostaria muito que os jovens, especialmente os estudantes utilizem esse serviço".

Publicidade
Publicidade

Segundo o proprietário o total de pessoas utilizam mensalmente esse serviço fica entre 20 e 30. Ele acrescenta: “gostaria que houvesse um movimento como esse quando eu era estudante".

O serviço é chamado de goshi meshi, que significa que a refeição foi paga por um doador; o cliente pode optar por pagar somente o que consumiu ou pagar uma refeição extra, para um beneficiário desconhecido. Honma abriu o restaurante em Março de 2014, no entanto o movimento goshi meshi teve inicio em novembro do ano passado. A iniciativa, além de ajudar o próximo serviria como uma oportunidade de promover produtos locais, já que a cidade de Obihiro e conhecida pela produção de laticínios, como leite, queijo e manteiga. "Essa é uma grande oportunidade para que os jovens possam provar os produtos locais, pois com a alta competitividade das grandes redes de supermercados as vendas dos produtos produzidos na região tiveram uma queda significativa e consumir produtos locais está se tornando cada vez mais raro", disse Tatsuo Honma.

Publicidade

Com a divulgação do movimento pela mídia, as doações aumentaram e inclusive outros restaurantes na região ficaram interessados em iniciar o movimento. "Antes da divulgação haviam pessoas que faziam as doações regularmente, porem após lerem a matéria muitos turistas passaram a fazer as refeições no restaurante para poderem realizar as doações", disse Honma. #Comportamento #Alimentação Saudável