Por longos setenta anos a #História escrita por Adolf Hitler esteve sob os domínios do Ministério das Finanças do estado da Baviera, controlando os direitos autorais e assim impedindo que a obra antissemita 'Mein Kampf' (Minha Luta) fosse republicada. Contudo é chegada a hora da nova geração de alemães conhecer o lado sombrio de sua história. Diferente de outros países como EUA, Canadá e Israel que já leram o 'best seller' e Áustria que optou pela proibição, a Alemanha preferiu uma aproximação mais paternal.

Do que trata o Mein Kampf?

O livro foi publicado pela primeira vez em 1925, oito anos antes de Hitler tomar o poder, foi editado por seu vice-líder, Rudolf Hess e fala da ideologia política do nazista.

Publicidade
Publicidade

Mostra seus planos para o futuro do país e seu desejo de colonizar países próximos para que a Alemanha tivesse vitória total. Com o fim da Segunda Guerra Mundial, coube ao Estado da Baviera ficar com os direitos autorais da obra, logo proibindo sua republicação por achar que incitaria ao ódio. Mas o ano passado caiu em domínio público e vendeu milhares de cópias.

Estratégia que fracassa

O Instituto de Munique manifesta sua preocupação com a aproximação da data limite, janeiro de 2016 e assim o livro terá sua publicação liberada e isso pode trazer consequências. O Instituto afirma que seria perigoso a obra tornar-se um best-seller no país e garante que isso não acontecerá porque até especialistas classificaram o livro como 'tedioso'. Com isso conseguiram aguçar mais ainda a curiosidade do público para conhecer a 'obra proibida'.

Publicidade

Em pouco tempo a história ganhou os primeiros lugares e manteve-se nessa posição até a segunda quinzena de abril, no momento ocupa o décimo quarto lugar, mesmo ficando oculto em muitas livrarias ou vendido sob encomenda por outras. Existe um medo genuíno de que a leitura do livro possa trazer uma nova onda de antissemitismo, mas parece que não há motivos para tanta preocupação por parte das autoridades alemãs, pois tudo indica que as pessoas só estão curiosas em conhecer a história do maior nazista que um dia liderou a Alemanha. #Livros #Comportamento