Três dias após a ocorrência de uma brilhante bola de fogo (bólido) sobre várias cidades de Minas Gerais, registrada pelas câmeras da Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon), surge outro evento semelhante, desta vez, nos Estados Unidos. Um bólido extremamente brilhante, observado às 4 horas da madrugada, iluminou o céu dos estados do Arizona e do Novo México, transformando a noite em dia, nesta quinta-feira (2).

Segundo informações da Agência Espacial Americana (NASA), o objeto de três metros de diâmetro, pesando algumas toneladas, viajava a uma velocidade superior a 64 mil km/h.

Bill Cooke, especialista em meteoros e funcionário da NASA, destaca que as informações sobre o evento estão defasadas, devido ao intenso brilho emitido pelo corpo celeste, que quase “cegou” as câmeras de observação da agência.

Publicidade
Publicidade

De acordo com Cooke, o bólido, considerado o mais brilhante dos últimos oito anos, pela NASA, não gerou danos materiais ou vítimas. Contudo, ele acredita que os destroços podem ser encontrados em uma cidade do Arizona.

“Os detritos devem estar espalhados no chão ao Norte de Tucson”, fala.

Embora o especialista em meteoros acredite que restos do bólido podem ser achados naquele estado, testemunhas oculares revelam que a bola de fogo, percebida a 57 milhas (91 km) acima da floresta nacional de Tonto, a Leste do município de Payson, localizado no estado de Utah, se dirigiu em direção ao Sul.

Cada vez mais frequente

Apesar de a NASA não confirmar o aumento desse tipo de ocorrência, internautas alegam que dados informativos sobre a incidência de meteoros no planeta, registrados pela Agência Espacial Americana, indicam significativo acréscimo desses corpos celeste de 2005 até 2015.

Publicidade

“Isso mostra que a ameaça de asteroides e cometas aumentam a cada dia na Terra”, avalia o administrador do site UFO Sightings Hotspot.

A seguir, assista a gravação do intenso brilho originado pelo astro, captado por uma câmera de monitoramento de meteoros, divulgado pela NASA (Youtube). Depois, veja uma compilação do evento, testemunhado em várias cidades.

#Curiosidades #Internet #EUA