A iniciativa de oferecer uma renda básica de forma universal aos cidadãos do país europeu, vem como alternativa para reformular todo o sistema social do governo suíço, substituindo todos os outros programas de subsídios hoje existentes na Suíça.

Os residentes da Suíça irão as ruas hoje (05) para decidirem seu futuro com relação ao sistema de renda mínima que é previsto para todos os cidadãos do país e seus residentes permanentes, só para as crianças o valor considerado ficaria em torno de R$ 2270 no caso da renda familiar pode chegar a R$ 9 mil (2500 francos).

Com a reformulação do sistema de renda mínima universal como está sendo chamado o programa de subsídios a ser avaliado pela sociedade, o país europeu seria o pioneiro a comprovadamente com prosperidade já que estaria utilizando um novo conceito de distribuição de renda pelo dividendo digital, conforme publicação do site de notícias BBS Brasil.

Publicidade
Publicidade

Origem da ideia

Com conceitos baseados no desmembramento entre relações de trabalho e renda, com a tecnologia disponível hoje já pode atuar como uma aliada para a tendência de liberação da população de obrigações econômicas em países desenvolvidos, a ideia já foi avaliada há algum tempo e não é novidade.

Apesar da notícia parecer bastante inusitada até mesmo para os dias atuais, já existiu um projeto similar há mais de meio século, de autoria de Thomas More que colocou em pauta projetos em escalar por regiões em diversos países europeus, contudo a legalização de forma escalonada em um único país é inovador e um projeto inédito nessa forma de implementação realmente, lembra o artigo do site.

Segurança e liberdade

Com o avanço cada vez maior de atividades exercidas por máquinas e robôs, cabe ao governo reorganizar a sociedade, reavaliando as capacidades humanas dentro da economia, "como atividades que façam sentido a sua própria escolha", defendem os entusiastas do documentado apresentado aos eleitores.

Publicidade

Segundo entrevista concedida à BBC Brasil o porta-voz suíço Che Wagner, disse que o país já produz o triplo da capacidade de consumo de seus habitantes e seria um direito acessível a essa riqueza de forma igualitária nesse contexto atual, o que ainda não é realidade hoje, lembra.

Deixe sua opinão, o que você acharia desse sistema de distribuição de renda no Brasil?

Outras mudanças na legislação da Europa

Portugal reavalia seu sistema de concessão de cidadania a descendentes portugueses, leia mais aqui!

União Européia altera #Legislação relativa a liberação de vistos no continente, acesse o artigo completo agora. #Bolsa Familia #União Europeia