Claire Mozaffari ficou em coma depois de um erro no serviço de ambulância. Mãe de dois filhos, Claire se encontra entre a vida e a morte, após os paramédicos terem confundido um derrame cerebral com uma bebedeira. Sua família contatou a emergência depois de ela colapsar, mas a ambulância não a levou no hospital, alegando que ela estaria embriagada. Poucas horas depois, Claire foi mesmo para o hospital de Newcastle, na Inglaterra, acabando por ficar em coma, uma situação que poderia ser irreversível. 

A família de Claire está vivendo dias complicados. Esta mãe de 33 anos está em coma por vários dias e poderá não voltar a acordar ou, até mesmo, ficar em um estado vegetativo.

Publicidade
Publicidade

A mãe e as irmãs já estão avisadas, mas não se conformam e continuam esperando por respostas, após o atendimento que colocou Claire nesta triste situação. 

Como tudo aconteceu

Aparentemente, Claire era uma mulher saudável, quando saiu para uma festa com as amigas. No regresso a casa, começou passando mal, sentindo dificuldades para se movimentar e até para se comunicar. A família chamou a ambulância. Quando os paramédicos chegaram, falaram que Claire estaria embriagada e que deveriam deitá-la no sofá e aguardar que passasse. Nove horas e meia depois, a mãe estranhou que a filha não melhorava e chamaram novamente a emergência e aí as suspeitas caíram em um derrame cerebral. 

Claire foi levada para o hospital de Newcastle e, apesar de uma melhoria inicial, alguns dias depois, seu estado se agravou. Ela teve que passar por uma cirurgia de emergência e não acordou mais do coma desde esse dia. 

Família exige explicações 

Os médicos têm ficado em contato com a família e já falaram que, dificilmente, Claire se recuperará.

Publicidade

 A irmã Lorna se mostra indignada com o que aconteceu e por que razão tiveram que "esperar nove horas e meia para Claire ser levada para o hospital". Lorna está cuidando da filha menor de Claire, a pequena Soheila, de 18 meses, enquanto que Keiron, de 13 anos, está vivendo com o pai. 

O serviço de ambulâncias já abriu um inquérito para esse caso e estão lamentando o sucedido com Claire e sua família. 

E o leitor, pensa que o serviço de ambulância deve ser responsabilizado? Foram negligentes? Comente sua opinião! #Justiça #Europa #sistema de saúde