As pessoas que geralmente são mais inclinadas aos assuntos de caráter mundial e diplomacia entre os países acabam se fixando na relação dos Estados Unidos da América com as demais nações ou mesmo nos assuntos internos dos norte-americanos, que como o próprio nome já diz, apesar de serem internos, quase sempre acarretam algum tipo de consequência para as demais regiões do planeta. 

Um exemplo claro do mencionado no parágrafo anterior é a corrida presidencial dos #EUA que, nesse exato momento, está no ápice de ser um dos temas mais recorrentes e comentados na mídia mundial. Como que por coincidência, para aquecer ainda mais a discussão, algo que não é tão comum, ainda mais partindo do sexo feminino, aconteceu no sábado, dia 25 de junho, em relação ao candidato a presidente, o republicano #Donald Trump

O que é no mínimo curioso foi que um grupo de mulheres que se declarou abertamente apoiador de Trump, criou um hashtag que rapidamente se transformou em viral nas diversas redes sociais e internet de modo geral, sendo que o mesmo foi lançado primeiramente no Twitter: #TrumpGirlsBreakTheInternet.

Publicidade
Publicidade

O movimento causa certa perplexidade, pois foi revelado pelo instituto de pesquisas, Gallup, dos Estados Unidos, que a figura do que representa Donald Trump não é nem um pouco popular entre grande parte das mulheres que votam naquele país. De cada dez mulheres, sete declaradamente não votariam em Trump. 

Por outro lado, o mesmo Trump vive falando o seguinte: “eu amo as mulheres". E por incrível que possa parecer, mesmo com as posturas políticas machistas e autoritárias demonstradas por Trump, ele parece não ter problema algum com o sexo oposto. 

Um grupo auto-intitulado “Babes for Trump", que são as apoiadoras explícitas de Trump, tem atuado com bastante eficácia para que todos possam perceber o quanto as representantes femininas simpatizam com o candidato do partido Republicano e assim, visa neutralizar com sucesso todas as críticas que Trump recebe.

Publicidade

A equipe de mulheres está muito feliz com a hashtag escolhida que ocupa nas últimas horas o topo no Twitter.

Ao conferir as imagens com as frases ditas pelas fieis coadjuvantes do bilionário norte-americano, pode se perceber que os internautas do Twitter acabaram manifestando reações de aprovação e também de muita desaprovação em relação ao meme em questão. Enfim, gosto e preferência política são tópicos que às vezes certas pessoas não questionam. #Eleições EUA 2016