Algumas pessoas acreditam que eles são de outros planetas, enquanto outras afirmam serem de origens interdimensionais. Há também os que juram que os objetos voadores não identificados (ovnis/ufos) são, na verdade, aeronaves militares secretas. Embora seja quase impossível definir a origem desses objetos, a polêmica em torno do assunto é o único consenso quando o fenômeno é divulgado na mídia.

Dessa vez, centenas de pessoas alegam terem visto diversos ovnis no céu do deserto do Parque Nacional Joshua Tree, na Califórnia (#EUA), durante uma conferência sobre o tema, no início de junho.

De acordo com informações do jornal britânico Express, vários indivíduos confirmaram a presença de ufos, no evento.

Publicidade
Publicidade

Uma mulher, que atua como piloto e advogada, revela ter visto uma nave na noite de sábado (4), durante atividades de meditação e observação do céu, realizadas por indivíduos conhecidos  como ‘skywatcher’ (observadores do céu).

Conforme o relatório divulgado pelo maior grupo de investigações ufológicas do mundo, a Mutual UFO Network (Mufon), além da mulher, mais de cem pessoas observaram a estranha formação triangular elaborada pelos ovnis.

Kristie Cowans, outra participante das palestras, e entusiasta dos alienígenas, destaca o fato de os objetos surgirem somente depois de os ‘observadores do céu’ invocarem a presença deles através da meditação.

A mulher, que admite ter visto um ufo às 10 horas daquela manhã, por meio de um binóculo, salienta que, apesar de haver um pequeno aeroporto ao Sul de onde eles estavam, e uma base da marinha, na posição Norte-Leste, de onde se encontravam, os objetos não identificados surgiram do Oeste em direção ao leste, onde não havia a presença humana.

Publicidade

 

No início das atividades, relacionadas à meditação e à observação estelar, ela recorda ter reparado aspectos comuns de um céu estrelado, como estrelas, planetas, aviões e satélites.

Contudo, depois de um breve período de tempo percebendo às estrelas, Kristie conta ter observado objetos anômalos se destacarem no céu.

“Houve um desfile de sete ufos voando mais rápidos do que os satélites, na altura dos aviões e dos helicópteros, sobre as montanhas, no sentido Oeste e desaparecendo no Leste”, revela a norte-americana, ao avaliar as características dos objetos.

“As cores das esferas eram brilhantes. Elas eram verdes, vermelhas e azuis lilás”, conta a testemunha, ao periódico inglês.

Como se não fosse suficiente os ovnis se manifestarem depois de serem chamados por meio da meditação, os objetos também aparentavam responder aos estímulos luminosos emanados pelo grupo, através de luzes emitidas pelas famosas canetas lasers.  

“Quando o grupo apontou os lasers, os ufos piscaram de volta”, confidencia a entusiasta.

Publicidade

De acordo com o Express, após as aparições, o público entrou numa espécie de ‘frenesi’, batendo palmas e celebrando os dez minutos em que os objetos ficaram visíveis.

Questionada pelo periódico sobre a possibilidade de drones terem surgido, ao invés de naves interplanetárias, Kristie Cowans afirma saber distinguir um objeto humano de outro, supostamente extraterrestre.

“Eles ficaram parados e brilhavam com uma única luz, ao contrário dos drones recreativos e militares, que brilham com duas ou mais luzes”, explica.

Ainda que as declarações pareçam exageradas demais para serem verdadeiras, a filmagem do evento não deixa dúvidas de que aeronaves surgiram no céu naquele dia. O que eram? Bom...

#Curiosidades #Internet