Neste sábado, dia 11 de junho, a equipe médica formada pelo médico Samanta Lal Sem do Hospital Universitário de Daca, em Bangladesh, Índia, realizou a primeira operação de Abul Bandajar, conhecido como "Homem Árvore", para retirar as verrugas em forma de casca de árvore em sua mão direita. Segundo boletim médico, a operação foi um sucesso.

Abul Bandajar, é portador de uma doença rara chamada de epidermodisplasia verruciforme, que não é contagiosa. Esta #Doença faz com que cresçam enormes verrugas nas mão e nos pés, com o formato de cascas de árvores, daí o nome de "Homem Árvore".

A doença rara não tem cura, segundo Sem, especialista que cuida de Abul, porém, a cirurgia de retirada das verrugas tem como objetivo aliviar momentaneamente o sofrimento do homem de 26 anos.

Publicidade
Publicidade

O objetivo da equipe médica é de que em três semanas possam retirar todas as verrugas, e proporcionar alívio a ele e a sua família.

Mais conhecido como "Homem Árvore", Abul Bandajar disse que as verrugas começaram a aparecer quando ele tinha 15 anos e de lá para cá, elas não pararam de crescer.

Ele era motorista, e devido à perda de funcionalidade das mãos, Abul se viu obrigado a parar de dirigir e começou a pedir esmolas nas ruas de Bangladesh. Ele procurou ajuda várias vezes para sua doença, porém, nunca conseguiu sucesso no tratamento, já que os remédios mais prejudicaram do que o ajudaram, segundo relatou.

Ele é casado e tem uma filha de 3 anos. O o sonho de Abul é abraçar a menina, já que nunca conseguiu, devido às enormes verrugas. "Ele está muito contente e sorridente, após a cirurgia", disse Sem, "vamos nos preparar para a próxima etapa de retirada das verrugas", ressaltou o médico responsável pela operação.

Publicidade

Abul só conseguiu tratamento da doença quando um jornalista, comovido pelo sofrimento do rapaz, começou a divulgar o caso raro e entrou em contato com especialistas em Bangladesh e até mesmo no exterior, para que Abul fosse tratado desta terrível doença.

A equipe médica está tratando de Abul gratuitamente. #Curiosidades