O príncipe Willian será o destaque de uma revista gay da Inglaterra, que tratará de um assunto do momento no Mundo: a intimidação dos #LGBT, que ficou mais evidenciado depois do massacre e morte de 50 pessoas na boate gay na Flórida.

A revista Attitude, na qual o príncipe Willian é capa, é a pioneira em levar um membro da realeza britânica como destaque de uma revista voltada para os gays. A foto do príncipe na capa vem com a descrição: "Ninguém deve ser intimidado por sua sexualidade ou por qualquer outro motivo". 

A foto do príncipe Willian para a capa da revista se deu em uma reunião promovida por ele e sua esposa, a duquesa de Cambridge, com os LGBT, que compartilharam suas experiências de intimidações sofridas pela classe, levando muitos gays a tentarem o suicídio, entrarem em depressão, usar drogas, transtornos alimentares entre outra coisa.

Publicidade
Publicidade

Após a experiência vivida pelo príncipe e sua esposa, eles assinaram um livro de condolências na embaixada dos Estados Unidos em Londres para as vítimas do ataque terrorista em uma boate gay em Orlando, Flórida.

Um porta voz do palácio de Kensington disse que o príncipe Willian e sua esposa estão empenhados em lutar contra qualquer forma de intimidação aos gays, lésbicas, bissexuais, travestis e simpatizantes, para que esta classe não sofra mais a pressão da sociedade, e que eles sejam tratados como pessoas normais, assim como o são.

O editor da revista gay, Attitude, lançou uma nota em que diz estar muito feliz com a atitude do Príncipe, que em breve se tornará o rei da Inglaterra, apoiando esta classe que é vítima de uma sociedade preconceituosa e que atitudes como a do Príncipe Willian em favor de combater esta descriminação, faz com que as pessoas comecem a olhar os gays de outra forma.

Publicidade

Para quem queira acompanhar a revista Attitude, onde tem o Príncipe da realeza britânica na capa, é só procurar na internet, que a versão digital já está disponível na web, porém, a versão impressa só será lançada no dia 22 de junho, em Londres, Inglaterra. #Comportamento #Ataque Terrorista