Hillary Cinton é a mais nova vítima dos hackers de sinalizadores eletrônicos de Dallas. No sábado passado, a Newsweek noticiou que um sinalizador eletrônico na Interstate 30 foi alterado para mostrar "Hillary na Prisão". O episódio também foi mostrado pela Fox 4 News. (O Hacker escreveu certo, o funcionário da emissora é que meteu um "r" s mais em "prisão"). Um grupo auto-denominado "New World Hackers", que já havia anteriormente atacado o site de Donal Trump, assumiu a autoria

O sinalizador mostrava alternadamente "Liberdade para Barret Brown", uma referência ao escritor de Dallas que tem ligações com o coletivo "hacktivista" Anonymous.

Publicidade
Publicidade

Brown está cumprindo 63 meses numa prisão federal por uma série de crimes ligados a uma investigação do FBI sobre o vazamento de milhões de emails hackeados de uma contratada privada do FBI, em Austin. Na semana passada, um sinalizador em outra localidade foi mudado para mostrar "O Gorila Mereceu", uma aparente referência ao sacrifício de um gorila num zoológico de Cincinnati, depois que um menino de 4 anos entrou na sua jaula.

O grupo parece hostilizar tanto a candidata democrata, Hillary Clinton, quanto o candidato republicano à presidência, Donald Trump. "Trump é uma desgraça", disse um dirigente do grupo à Newsweek. "Hillary é pior. Barret Brown é uma lenda. Hillary deveria estar numa cela por suas ações, definitivamente". Em maio, os hackers alteraram um sinal para mostrar "Donal Trump é um Lagarto Mutante".

Publicidade

Em outro episódio o sinalizador mostrava, para surpresa de todos, a frase "Deez Nutz", uma brincadeira com a ortografia de "This is Nuts", ou seja, "Isso é louco".

"Hillary na Cadeia" é uma campanha nos #EUA que faz referência ao possível envolvimento da candidata democrata em atividades ilegais ou mesmo conspiratórias, como utilizar um servidor privado para administrar seus emails no Departamento de Defesa, deletando centenas posteriormente, ou aceitar contribuições de outros países para sua campanha, como a Arábia Saudita.

O que ninguém parece ter notado é que o grupo parece ter um candidato preferido. Em outro ataque, os hackers fizeram o sinalizador mostrar "Bernie para Presidente" #Internet #Eleições EUA 2016