O primeiro semestre deste ano fez com que o país falasse mais sobre um tema polêmico, o estupro. Tudo muito por conta do caso de uma menina de 16 anos do Rio de Janeiro. Ela disse que foi abusada sexualmente por 33 homens no Morro do Barão, uma comunidade carioca. O crime contra ela chocou todo o Brasil depois que um vídeo que mostra um dos suspeitos zomba da região íntima da adolescente. A ação não teria sido o primeiro estupro que ocorreu na casa da favela, usada como 'Boca de Fumo' por traficantes. A Polícia Civil indiciou sete pessoas. 

Outro vídeo está repercutindo em todo o mundo. Ele mostra uma bárbara luta de uma mulher com seu estuprador.

Publicidade
Publicidade

De acordo com informações do site da RedeTV! em matéria publicada nesta segunda-feira, 28, o #Crime ocorreu na maior cidade do mundo, Nova York, nos Estados Unidos da América. As imagens foram captadas na madrugada de domingo, 26, mas precisamente às 3h45, quando a vítima conseguiu escapar da tentativa de estupro. O vídeo é estarrecedor e está chocando milhares de americanos, que agora tentam identificar o homem que aparece nas imagens. 

O vídeo só foi manifestado para todo o mundo depois que uma câmera de segurança gravou as imagens de forma "secreta". A sequência criminal começa com o homem chegando perto da mulher, que não teve nome identificado. Em seguida, ele derruba a moça no chão, que está usando um vestido. Ele tenta levantar a peça dela, mas a vítima luta bravamente para evitar que o crime de violação sexual realmente aconteça. 

A mulher, no entanto, acabou surpreendendo seu agressor.

Publicidade

Ela o chuta e ele fica impressionado com a reação que não é muito costumeira. O homem então, aparentemente com medo da mulher que poderia vir a ser estuprada, acabou fugindo da ação. Ele voltou pelo mesmo caminho em que apareceu. O vídeo termina com a moça sentada no chão, parecendo não entender o que estava a acontecer. 

A única coisa que se sabe até agora é a idade da vítima, 34 anos. A polícia continua em busca do agressor. Depois de ser agredida, a vítima buscou ajuda em uma casa próxima. 

Veja abaixo o momento que mostra a luta entre a mulher e o seu agressor:

#Investigação Criminal